quinta-feira, 29 de julho de 2010

Ônibus da MAN Latin America transportam milhões de passageiros em aeroportos brasileiros

Cento e vinte ônibus Volksbus com piso baixo circulam em aeroportos como o de Congonhas e Cumbica, que juntos transportam mais de 28 milhões de passageiros por ano.
A MAN Latin America, fabricante dos caminhões e ônibus Volkwagen, desenvolveu mais de 120 ônibus VW Volksbus 17.260 EOT com piso baixo para o transporte de passageiros nos principais aeroportos brasileiros. Os veículos transportam milhares de pessoas todos os dias entre as aeronaves e as áreas de embarque e desembarque das companhias aéreas. O objetivo é oferecer aos usuários um serviço rápido e confortável.

O projeto se iniciou em 2009, quando a empresa venceu uma licitação organizada pela Empresa Brasileira de Infra-estrutura Aeroportuária - Infraero. Só na cidade de São Paulo (SP), 45 Volksbus distribuídos entre os aeroportos de Congonhas e Cumbica (Guarulhos) chegam a transportar juntos mais de 28 milhões de pessoas por ano. Os demais veículos estão operando nos aeroportos de Vitória (ES), Manaus (AM), Brasília (DF) e Rio de Janeiro (RJ), que também estão entre os mais movimentados do País.
Os ônibus 4x2 com carroceria Urbanuss Pluss da Busscar (padrão Infraero) estão equipados com câmbio automático e suspensão pneumática, dando mais conforto e segurança ao motorista e viajantes , além de oferecer maior rapidez e facilidade para entrada e saída no veículo. Normalmente são necessários dois ônibus para transportar os passageiros de cada voo, considerando uma aeronave de voo nacional.
“Os modelos usados pelos aeroportos comprovam mais uma vez nossa capacidade de produzir veículos sob medida que aliam tecnologia e uma excelente relação custo-benefício”, diz Ricardo Alouche, diretor de Vendas, Marketing e Pós-Vendas da MAN Latin America.
Destinado ao uso urbano, com piso normal ou com piso baixo, o VW 17.260 EOT conta também com opção de chassi do tipo boogie, para aplicação fretamento , que auxilia na instalação de bagageiro passante na opção de fretamento, além de otimizar o transporte da fábrica para o encarroçador sobre semi-reboques, permitindo o transporte de até três chassis sem o auxílio de rampa hidráulica.
O veículo possui ainda versão com transmissão automatizada: o VW 17.260 EOT V-Tronic. Os chassis possuem câmbio mecânico, mas sem alavanca de mudança de marchas e sem o pedal de embreagem. Para o motorista, é como dirigir um ônibus automático, e para o frotista as operações de manutenção são as mesmas de uma caixa de câmbio mecânica de acionamento manual.
O modelo conta com motorização traseira e mais potência e torque, o que o torna um veículo apropriado para os corredores das grandes cidades. Seu chassi modular possui exclusivo sistema de alongamento para receber carrocerias entre 12 metros e 13,20 metros.

Linha Volksbus: 17 anos de sucesso

A MAN Latin America entrou no mercado de ônibus em 1993 com o lançamento do modelo VW 16.180 CO. O chassi chegou no momento em que o mercado pedia por alternativas no segmento de ônibus e não marcou apenas o nascimento da Linha Volksbus, mas também de um atendimento diferenciado feito na garagem do frotista.
Logo em seguida, a montadora ingressou no mercado de micro ônibus, com o modelo 8.140 CO. De lá pra cá, a linha não parou de crescer e recebeu inúmeros atributos tecnológicos. Com toda essa tecnologia e credibilidade depositada pelos clientes, a marca praticamente dobrou sua participação de mercado nos últimos anos. Em 2009, a MAN Latin America se manteve na vice-liderança brasileira no atacado e nos emplacamentos de ônibus: vendeu 6.727 chassis, com uma participação de 28.2% de mercado.

Por Assessoria de Imprensa MAN VW

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...