terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Ecogaragem: Empresa de transporte coletivo se reinventa com a sustentabilidade

Transpiedade transforma sede da empresa em projeto inovador de respeito ao meio ambiente...
Há empresas que fazem parte da história de uma cidade, já outras são capazes de transformar a narrativa de um lugar. A empresa de Transportes Coletivos Nossa Senhora da Piedade, Transpiedade,localizada em Campo Largo, na região Metropolitana de Curitiba, faz parte do seleto grupo de empresas transformadoras. Integrante do Grupo Empresarial Melissatur, a Piedade completou 36 anos de existência em 2010 reescrevendo sua própria história e também a dos locais onde atua. Isso porque há alguns anos percebeu que seu dever era muito maior do que o transporte de pessoas, realizado com competência pelo Grupo em várias cidades do Paraná.
“Ficou claro que era necessário transpor os muros da empresa para continuar a nossa história”, resume a diretora-presidente da empresa, Marli Corleto, ao explicar os motivos que a levaram a caminhar para a sustentabilidade. Tínhamos ideia do que queríamos, faltava organizar. Há cerca de cinco anos é que a questão socioambiental passou a nortear efetivamente nossa gestão e a fazer parte das estratégias da empresa para a conquista do desenvolvimento sustentável”, explica.
O principal destaque dessa transformação pela qual passou a Transpiedade foi a construção da Ecogaragem, onde hoje funciona a nova sede da empresa, inaugurada em 2009, durante o aniversário de 35 anos. Situada em um terreno de 17.780 metros quadrados e com capacidade para 150 veículos, a empresa tornou-se, sem dúvida, uma das mais modernas do Brasil, segundo afirma o consultor da área de Responsabilidade Social, Juvenal Correia Filho. Para tornar a Ecogaragem uma realidade, foram necessários muita pesquisa e planejamento de ações e procedimentos, todos com uso de tecnologia avançada para que os serviços realizados dentro da garagem pudessem trazer economia e principalmente tivessem impacto ambiental reduzido. As inovações vão desde o monitoramento e controle de consumo de energia elétrica, por meio da implantação de vários sensores em todas as partes da empresa, como também um programa completo de reuso de água.
De acordo com o consultor, na Ecogaragem, a Piedade desenvolveu com tecnologia inovadora o aproveitamento e reciclagem total da água que utiliza, tornando-se assim a primeira empresa de transportes coletivos do Paraná a operar um sistema como este. Outro destaque na Ecogaragem é que lá acontece a integral reciclagem de matérias e insumos utilizados e também é feito o tratamento completo dos efluentes.
Gestão de economia de água e luz – Enquanto muita gente ainda pensa qual a melhor solução para evitar a falta de água, a Piedade já conta com um sistema que serve como exemplo para resolver o problema. Com a meta de reduzir o consumo, a diretoria da empresa resolveu reciclar a água utilizada e repor ao meio ambiente em proporções equivalentes. O projeto, supervisionado pelo engenheiro e diretor superintendente da empresa, Rodrigo Corleto HoelzL, contou com a implantação de um sistema ecologicamente recomendado para uso de água, que começou com a perfuração de um poço artesiano. Ele explica que a água limpa vinda do subsolo é utilizada em pias, cozinhas, banheiros e chuveiros para o consumo humano. No descarte, que chega a cerca de três mil litros por dia, começa a economia. A água utilizada em vez de cair na rede de esgoto, entra em um processo de reciclagem, via filtros especiais, seguindo para cisternas de reuso, onde se mistura a água utilizada nos processos operacionais de higienização e lavagem dos ônibus da empresa. Nesta etapa, toda a água utilizada segue para nova reciclagem. Também faz parte do programa de reuso da água um sistema de captação de água da chuva, que é utilizada na lavagem dos ônibus e destinada à limpeza, irrigação e higiene das instalações da empresa. Toda a água utilizada na empresa é reciclada na Estação de Tratamento de Efluentes e reaproveitada. “No final, não resta sequer uma gota para a rede de esgoto da cidade de Campo Largo”, garante o superintendente.
Os resíduos oriundos deste tratamento, basicamente lodo e óleo, são corretamente destinados. O lodo vai para as indústrias de cimento, para servir de matéria-prima. E o óleo segue para empresas especializadas na reciclagem deste produto. Os resíduos sólidos gerados por todos os processos da empresa são devidamente separados, armazenados e destinados à reciclagem. Para economizar energia elétrica, a Ecogaragem conta também com sistema informatizado e automatizado de monitoramento, todo controlado por sensores nos quadros de distribuição de energia. Além disso, o projeto arquitetônico do empreendimento foi desenhado para aproveitar ao máximo a luz do sol.
A preocupação ambiental rendeu à Transpiedade a certificação ISOI 14001. Todas as outras empresas do Grupo também são certificadas pela ISO 9001:2000. Gente transportando gente para um mundo melhor - Atualmente a Piedade conta com cerca de 160 funcionários, em Campo Largo, e opera com 86 ônibus, que fazem transporte urbano e escolar. Em 2003, passou a atuar em União da Vitória, onde conta com 46 ônibus e emprega 104 funcionários. Junto com as outras empresas do Grupo Melissatur, cerca de 130 mil pessoas por dia ou 45 milhões de pessoas por ano utilizam os serviços do Grupo para se deslocarem de casa para o trabalho ou para a escola.
E foi pensando em cada um desses passageiros que Marli conta que percebeu que a Transpiedade deveria ter uma função além do transporte. “Tudo começou com um simples panfleto que distribuímos para recolher donativos para o Natal”, lembra a presidente com orgulho. Essa ação ainda é feita até hoje, mas se tornou apenas uma dos vários projetos desenvolvidos na empresa Nossa Senhora da Piedade.
Vale destacar, por exemplo, o programa Expresso Saúde, que conta com um ônibus devidamente equipado e cedido pela Transpiedade para realizar em parceria com a Secretaria de Saúde de Campo Largo serviços ambulatoriais e odontológicos gratuitos à comunidade de baixa renda. O projeto também foi levado pelo Grupo para as cidades de União da Vitória e Almirante Tamandaré. Outro destaque é o projeto Expresso Ambiental, que também conta com um ônibus, todo equipado para oferecer aulas sobre preservação do meio ambiente. O programa também é realizado em parceria com a Prefeitura da cidade.
Outro projeto do Grupo é o Passageiro do Futuro, que promove educação, cidadania e respeito entre crianças das escolas públicas nas dependências da própria empresa Trans piedade. Em parceria com a Secretaria de Educação do município, as crianças são acompanhadas por professores e pedagogos da escola e recebidas na empresa pela equipe responsável pelo projeto. Lá elas participam de atividades e palestras sobre como cada um pode contribuir com o desenvolvimento da cidade e de um mundo melhor para as futuras gerações.
“A grande satisfação é ver que hoje somos agentes de transformação”, afirma Marli Corleto. Para ela, tudo funciona a partir do momento em que são realizadas as parcerias, seja com o poder público, com os próprios colaboradores da empresa, ou outras instituições. Segundo a presidente, a construção da Ecogaragem, por exemplo, chamou a atenção das instituições de ensino, como a Faculdade Cenecista de Campo Largo (Facecla), que acompanhou toda a obra e tem as portas abertas para a realização de projetos dos estudantis na área ambiental. “A Transpiedade está em pleno desenvolvimento e junto com ela toda a comunidade ao seu redor”, observa Marli.
Pacto com o planeta – Tanta preocupação social e ambiental levou a diretora-presidente do Grupo Empresarial Melissatur, Marli Corleto, a se comprometer oficialmente com o Pacto Global, coordenado pela Organização das Nações Unidas (ONU), desde março de 2008. O Pacto serve para mobilizar a comunidade empresarial internacional para a adoção, em suas práticas de negócios, de valores fundamentais e internacionalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, relações de trabalho, meio ambiente e combate à corrupção refletidos em dez princípios. Essa iniciativa conta com a participação de agências das Nações Unidas, empresas, sindicatos, organizações não-governamentais e demais parceiros necessários para a construção de um mercado global mais inclusivo e igualitário. Hoje já são mais de 5.200 organizações signatárias articuladas por 150 redes ao redor do mundo.
O Grupo, com suas cinco empresas, Viação Tamandaré, Transpiedade, Viação Antonina, Empresa de Ônibus Campo largo e Melissa Transportes e Turismo, foi um dos primeiros da área de transportes coletivos do Brasil a assinar o Pacto Global das Nações Unidas. Para a presidente, a assinatura reafirma seu compromisso em busca da sustentabilidade. “O requisito principal para a participação dessa iniciativa é o registro anual que descreve os esforços da empresa para implementar os 10 princípios da ONU. O primeiro Communications On Progress (COP) da empresa é validado depois de dois anos de participação do Pacto Global e, a seguir, a cada ano. Esta medida é o parâmetro essencial para a empresa continuar ou não filiada ao programa”, explica Marli.
Em 2010, o Grupo Empresarial Melissatur foi convidado a participar da Cúpula de Líderes do Pacto Global da ONU, o UN Global Compact Leaders Summit 2010. O evento que acontece a cada três anos reúne cerca de mil líderes de empresas e organizações do mundo todo que aderiram ao compromisso. Durante a Cúpula, os participantes trocam experiências e discutem os rumos futuros do Pacto Global, que em 2010 completou dez anos de existência. Marli Corleto representou o Grupo e o país neste pequeno grupo de empresários comprometidos com o futuro do planeta durante o evento, que aconteceu em Nova Iorque, no mês de junho.
Grupo Empresarial Melissatur
Criado em 2005 como operador de serviços de transportes, o Grupo Empresarial Melissatur participa da vida das cidades, com as seguintes empresas: Transportes Coletivos Nossa Senhora da Piedade Ltda,Transpiedade matriz em Campo Largo; Transportes Coletivos Nossa Senhora da Piedade Ltda, matriz em União da Vitória; Empresa de Ônibus Campo Largo Ltda, de Campo Largo; Melissatur Transportes e Turismo Ltda, de Curitiba; Viação Tamandaré Ltda, de Almirante Tamandaré e Curitiba; e Auto Viação Antonina, de Almirante Tamandaré. As empresas contam com 1500 funcionários e uma frota de mais de 400 veículos em operação.
Fonte da Matéria: Revista Geração Sustentável

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...