segunda-feira, 11 de abril de 2011

Busologia é para todos ou para poucos...

Busologia um termo a se definir, onde muitos abnegam tal associação ao nome em questão, e poucos realmente se dizem busólogos, a maioria se define como admirador, colecionador ou entusiasta, enfim uma gama de variada de denominações que se direcionam a um só fator incomum a apreciação do hobby como um todo, e em todo meio sempre haverá os mais exaltados e os mais comedidos, o que leva a crer que a massificação do conteúdo é e sempre será plena, ora seja pela elucidação de fatos observados em função da homogenia industrializada do setor do ônibus, outra pela facilidade oriunda, livre e barata do acesso pessoal ao maquinário digital fabricado hoje mundialmente, que nos é exarcebado da maneira mais pratica possível, onde o registro fica relegado a segundo plano, pressupondo que estamos atrás de obras de artes criadas e avaliada por sua função artística, ao invés da busca constante da magnitude proposta na divulgação dos conceitos observados, através da percepção visual obtida na ocasião do registro.
Mas o obstante não é fomentar brigas sem fundamentos em função disso tudo em sites, listas e outros afins, fazendo da admiração a certo conceito operacional ou a devida empresa, uma forma fascista de expor suas emoções variantes em relação ao assunto, tornando quase uma psicose sublimar a defesa do nosso ponto de vista, devemos lembrar sempre que o que nos agrada momentaneamente pode não ser conveniente ao outro e assim vai, enfim a cordialidade faz parte do bem viver e bom lembrar-se disso, pois basta observar atentamente que nem todas as empresas possuem almoxarifado único e universal, a maioria é globalizada de acordo com a gama de sua necessidade de sustentação diária.   
Hoje o hobby se assim pode se disser está no auge de sua existência mor, e para que isso perdure cabe a nós garantimos sua subsistência diária, colocando de lado certas vaidades e protecionismo casuais, onde quase sempre se recorre ao fadado conhecimento adquirido ao longo do tempo de admiração A ou B, agindo de forma a garantir o enriquecimento e manutenção do intelecto, revogando algumas ponderações errôneas, onde o âmbito proposto gira em torno exclusivamente do ônibus.
E com plena convicção e certeza nunca devemos colocar a vaidade pessoal ou profissional acima do conhecimento obtido através da cooperação de todos ao se elucidar tal fato em uma calorosa discussão que não leva a nada a não ser um grande desgaste natural...  
Fica a pergunta a Busologia é para todos ou para poucos?

Reações:

2 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...