quarta-feira, 13 de abril de 2011

Busscar; Sindicato convoca para grande reunião dia 19 de abril...

A diretoria do Sindicato dos Mecânicos de Joinville e Região está convocando todos os trabalhadores e trabalhadores da Busscar Ônibus – ainda ligados, demitidos, familiares, mulher, marido, filhos – para participar de um grande ato de desagravo pelos 12 meses sem pagamento de salários por parte da empresa.
O evento acontece no dia 19 de abril – próxima terça-feira – a partir das 15 horas em frente à sede da empresa na zona norte de Joinville (SC), onde a empresa terá de se manifestar sobre essa grave situação, por determinação do Ministério Público do Trabalho, que foi chamado a agir por ação do Sindicato dos Mecânicos.
Lá o microfone estará aberto a todos e todas que queiram se manifestar, inclusive os inúmeros comentaristas do site do Sindicato que se sentem ofendidos e enganados pela empresa, trabalhadores ainda ligados, demitidos, familiares, enfim, todos estã sendo convidados a estar lá para um grande ato que promete ser acompanhado por toda a imprensa local, regional e até nacional.
“Talvez tenha até um bolo para simbolizar o infeliz aniversário por tantos meses sem dinheiro no bolso. Vamos fazer novamente a nossa parte, e esperamos que todos os indignados com essa vergonha venham participar. Todos mesmo, porque agora é mais que hora de estar ao lado do Sindicato. Muitos não estiveram conosco ano passado, quando alertávamos para a situação. Quem sabe agora apareçam e venham para o lado certo. Estaremos lá com chuva ou sol”, afirma o presidente João Bruggmann.
Anote na sua agenda para não esquecer, e lembre de levar a família junto nesse grande ato de cidadania e exemplo para que nunca mais se repita:
AGENDA
O quê: Ato de protesto em frente à Busscar Ônibus
Quando: dia 19 de abril, próxima terça-feira
Por quê: pela falta de pagamento de salários há 12 meses, rescisões, etc
Onde: rua Otto Pfuetzenreutter, bairro Costa e Silva
Hora: a partir das 15 horas
Quem participa: todos os trabalhadores demitidos, ainda ligados, familiares.
Busscar não paga parcelamentos; Justiça penhora aluguéis
 O cerco está se fechando entorno da Busscar Ônibus. Como a direção da empresa continua a fazer de conta que está tudo bem, não pagando salários há 12 meses, mais décimos terceiros de 2009 (parte) e 2010. E agora também não honra o que acordou na Justiça do Trabalho em relação aos parcelamentos, os juízes passaram a sentenciar todos os processos, sem parcelamentos, e também passaram a reter os pagamentos de aluguéis para uma conta da Justiça, visando o pagamento dessas reclamatórias.
Isso, aliado ao bloqueio de todos os bens do grupo econômico – acionistas inclusive com seus bens pessoais – e mais a pressão do Ministério Público do Trabalho que cobra explicação verdadeira e direta sobre a negociação para venda da empresa até dia 15 de abril, e ainda a análise do recurso contra a sentença sobre o não pagamento dos salários e acordos, todas ações do Sindicato dos Mecânicos para proteger os trabalhadores da Busscar, colocam a situação em fase quase insustentável.
“Temos a convicção de que a Justiça do Trabalho vai analisar o recurso deles, que custou mais de R$ 250 mil, em breve para que os leilões começem logo, já que os acionistas não está nem um pouco interessados em vender o controle acionário e fazer assim a empresa funcionar novamente, gerando empregos e renda. O ar está acabando”, destaca o presidente João Bruggmann.
O Sindicato está convocando os trabalhadores para uma grande reunião em frente à empresa no dia 19 de abril as 15:30 horas.
*Link de retrospecto da Novela Busscar
*Fonte da Máteria:

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...