domingo, 5 de junho de 2011

País perde um dos maiores historiadores dos transportes

Autor de três livros sobre transportes, Waldemar reuniu informações e fotos sobre a evolução dos transportes que estariam perdidos sem seu trabalho
ADAMO BAZANI – CBN
Há pessoas que ficam na história pelo que são. Há outras pelo que fazem.
No caso de Waldemar Correa Stiel, pelos dois motivos.
Considerados um dos maiores pesquisadores dos transportes brasileiros e um apaixonado pelo setor, Waldemar morreu na tarde deste domingo no INCOR – Instituto do Coração, em São Paulo.
Com 90 anos de idade, ele não resistiu a problemas cardíacos.
Waldemar Correa Stiel foi responsável por reunir e eternizar importantes informações sobre ônibus e bondes, sua especialidade, ao longo de seu trabalho.
Desde jovem colecionava fotos, informações, folhetos e dados.
Ele fez três livros sobre o tema:
História dos Transportes Coletivos em São Paulo (1978)
História do Transporte Urbano do Brasil (1984)
Ônibus: uma história do Transporte Coletivo e do Desenvolvimento (2001)
A obra de Waldemar Correa Stiel é uma das principais fontes de pesquisas nos dias de hoje quando o assunto é como os sistemas de mobilidade se desenvolveram.
“Conheço o Waldemar desde os 14 anos de idade. Um grande amigo. Ele saía para tirar fotos de bondes e tinha uma paixão pelo assunto. Eu gosto de transportes desde os 03 anos de idade e ele me incentivou ainda mais” – disse o também pesquisador Ayrton Camargo e Silva.
“Ele pesquisava com paixão. Foi uma das principais referências no Brasil quando o assunto era bondes e trólebus, principalmente” – complementou Mário dos Santos Custódio, que também realiza pesquisas históricas e mantém acervos fotográficos sobre transportes.
Todos são unânimes em dizer que em sue trabalho de pesquisa, Waldemar Correa Stiel conseguia unir dois aspectos importantes para retratar de maneira fiel e humana a história: ele usava conhecimento técnico e razão junto com o amor pelo que fazia.
Sem o traballho de Waldemar, muitas informações e fotos sobre os transportes, um setor que está inserido no dia a dia das pessoas, e cuja a história ajuda a entender vários aspectos do crescimento do País e até de alguns erros do passado, poderiam estar perdidas
Com informações do OB por Adamo Bazani, jornalista da Rádio CBN, especializado em transportes.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...