sábado, 2 de julho de 2011

Ônibus no Rio só a 50km/h...

Prefeitura constatou que veículos excediam velocidade. Multa pode chegar a R$ 574.
Rio - A Prefeitura do Rio estabeleceu a velocidade máxima de 50km/h para os ônibus que circulam nas ruas da cidade. A medida, publicada ontem no Diário Oficial do Município, inclui coletivos municipais, micro-ônibus, veículos de transporte escolar e de passageiros, mesmo que sob regime de fretamento, e ônibus de linhas que vêm de outras cidades enquanto trafegarem no Rio.
O limite também deve ser respeitado nos corredores preferenciais, os BRS, em Copacabana. A multa por excesso de velocidade pode chegar a R$ 574,61.
O secretário municipal de transportes, Alexandre Sansão, afirma que a redução é medida preventiva devido ao crescimento do transporte público: “A segurança viária é um atributo essencial para a boa gestão do transito da cidade”. A fiscalização será realizada através de radares e agentes da CET-Rio.
A medida se baseia em estudos técnicos realizados pela companhia de tráfego, que comprovaram o excesso de velocidade dos ônibus em determinados horários. A implantação de novos corredores preferenciais em Ipanema e Leblon, ainda este ano, também foram levados em consideração para a redução.
A regra não vale para algumas vias de trânsito rápido, como a Av. Brasil e Linha Amarela. Também estão fora do limite Aterro do Flamengo, Auto Estrada Lagoa-Barra, Av. Nações Unidas, Linha Vermelha, Perimetral, Viaduto do Gasômetro e túneis, entre outras.
Por falta de condições de trafegar, 64 ônibus foram retirados das ruas.A Subsecretaria de Fiscalização de Transportes reprovou 31,37% dos coletivos fiscalizados no mês de junho, através de relatório sobre a verificação de ônibus municipais.
Dos 204 ônibus avaliados em diferentes pontos da cidade, 64 foram retirados de circulação por não estarem de acordo com as exigências da prefeitura.
Nos últimos três meses, 39 ônibus considerados “piratas” também foram retirados de circulação. A linha 158 (Central-Gávea)foi a campeã, com 14 ônibus impedidos de trafegar. Em seguida vieram os coletivos das linhas 773 (1), 334 (3), 901 (2) e 915 (3) da empresa Internorte; 186 (1), 176 (6) e 524 (2) da Intersul; 315 (2) e 308 (1) da Transcarioca e 786 (2), 846 (1) e 882 (1) da Santa Cruz.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...