sábado, 13 de agosto de 2011

Bens da Busscar vão a leilão em Joinville

Foto: Fabrizio Motta
Após meses de disputas judiciais, funcionários e ex-trabalhadores da Busscar Ônibus S.A devem receber pelo menos parte dos 16 salários atrasados.
O Tribunal Regional do Trabalho da 12ª Região (TRT/SC) encerrou o julgamento do recurso da fabricante de carrocerias, confirmando a decisão em primeira instância.
Com isso, bens da empresa vão começar a ser leiloados para pagar as ações individuais de quem cobra pagamentos atrasados.
De acordo com a advogada do Sindicato dos Mecânicos, Luiza De Bastiani, as datas dos leilões devem ser divulgadas nos próximos dias e, mesmo que a Busscar decida recorrer a Brasília, não vai conseguir evitar que seus bens sejam vendidos, pois “isso não impede o procedimento de execução”.
Os recursos obtidos por meio dos leilões vão custear o pagamento de ações individuais que já foram julgadas. Além desses valores, a Justiça tem também uma conta na qual estão sendo depositadas quantias provenientes do pagamento de aluguéis e outros negócios do grupos responsável pela Busscar e seus acionistas.
A decisão do TRT confirmou o sindicato como representante legítimo dos trabalhadores e o pagamento dos salários em atraso, retirando apenas a obrigatoriedade de pagamento de multa de 1% ao dia, que havia sido determinada por juiz de Joinville. Agora, falta a publicação do acórdão, o que deve levar em torno de dez dias corridos, segundo a advogada do sindicato.
No dia 29 de julho, o Banco Fibra, que movia uma ação pela falência da empresa, retirou o pedido. A empresa não se posicionou sobre o acordo feito com o banco.
Busscar terá primeiro leilão no dia 31 de agosto
No dia 31 de agosto, a partir das 15 horas, acontece na Justiça do Trabalho de Florianópolis – 6ª Vara – o primeiro leilão de bens do Grupo Busscar, que desde 2008 está mergulhado em uma crise financeira. Um imóvel comercial com 864,86 m² de área construída e quatro vagas de garagem na Avenida Ivo Silveira, bairro Estreito, na capital, estão avaliados em R$ 1,58 milhão, valor que será depositado em uma conta que tem como objetivo pagar a dívida que a Busscar Ônibus S.A tem com pelo menos dois mil trabalhadores.

Reações:

1 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...