quinta-feira, 22 de setembro de 2011

João Pessoa possui 454 ônibus coletivos

A AETC-JP e STTrans consideram quantidade de ônibus suficiente para atender a demada de passageiros na capital.
João Pessoa possui um ônibus para 1.593 moradores. A frota da cidade é de 454 coletivos, enquanto que a população estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) é de 723.515 habitantes. Por causa disso, há pessoenses que não vão participar da campanha 'Dia Sem Carro', que será realizada hoje pela Prefeitura de João Pessoa. A iniciativa estimula a população a deixar os veículos particulares em casa e usar os ônibus. “Eu vou usar meu carro hoje, como faço todos os dias, porque os serviços de ônibus não são de qualidade”, afirma a professora Eliane Lourdes.Mesmo diante da reclamação de quem utiliza o transporte público, a Associação de Empresas de Transportes Coletivos de João Pessoa (AETC-JP) e a Superintendência de Transportes e Trânsito de João Pessoa (STTrans) consideram que a quantidade de ônibus na capital é adequada para atender à demanda de passageiros. Elas avaliam que falta apenas uma reorganização do sistema viário da cidade.Segundo o presidente da AETC-JP, Mário Tourinho, por mês, cerca de oito milhões de passageiros são transportados, em média, pelos ônibus urbanos de João Pessoa. A demanda é atendida pelas seis empresas que operam na capital. Juntas, elas geram quase 2.600 empregos diretos, nas funções de motoristas, cobradores, fiscais e despachantes.
Reclamação 
Em alguns bairros, a exemplo de Mangabeira e Valentina, a população reclama da demora dos ônibus e da superlotação nos horários de pico. O comerciário Fernando Luiz Costa, por exemplo, já esperou até por 30 minutos pela chegada do coletivo. Ele disse que a situação ainda piorava no início da manhã, meio-dia e no final da tarde, quando é intenso o movimento de passageiros.“Era um sufoco ter que ir ao trabalho e levar os filhos à escola. A minha situação só melhorou quando comprei de um carro. A quantidade de ônibus em João Pessoa é pequena para o número de pessoas que existem aqui. Por isso é esse caos. Se o transporte público fosse de qualidade, eu ainda andaria de ônibus”, afirma. Mas para Mário Tourinho, a superlotação não é sinônimo de número insuficiente de ônibus na cidade. Ele explica que a quantidade é definida pela STTrans, após realizar estudos de demanda, e garante que “a quantidade de coletivos nas ruas é suficiente para atender satisfatoriamente a população de João Pessoa”. “A argumentação de que os ônibus andam sempre lotados não é verdadeira, basta passar na Lagoa, por exemplo, entre 9h e 11h, entre 15h e 17h, e verificar que ela não procede”, completa.
Fonte da Matéria: http://www.jornaldaparaiba.com.br/
Material jornalístico passível de direitos autorais. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes. Antes de reproduzir por qualquer meio, consulte sobre autorização.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...