segunda-feira, 30 de julho de 2012

​Shift anuncia faturamento maior que R$ 8 milhões em 12 meses

Os diretores Alexandre e Kiste com as placas de sinalização
[pontos de ônibus] que utilizam para informar seus clientes
durante a pratica de assistência em transporte
Com foco na prestação de serviços e assistência em transportes, a Shift Mobilidade Corporativa anuncia o faturamento de mais de R$ 8 milhões em um ano de operações no País. A empresa criada em julho de 2011, já projeta um crescimento de 15% sobre o resultado do primeiro semestre de 2012, quando somou pouco mais de R$ 5 milhões no atendimento a agencias (TMC’s) e operadoras, organizadoras de eventos e empresas - como clientes diretos.
De acordo com o diretor comercial da Shift, Renato Kiste, o share de faturamento da companhia pode ser melhor entendido se analisado por segmento de atuação. “Hoje a receita da empresa está segmentada em planejamento de transporte (89%), serviços de receptivo (5%), internacional (5%) – novo braço da companhia, e aviação executiva (1%)”, explica. Por localidade, São Paulo lidera o faturamento da companhia com mais de 45%. O Rio de Janeiro vem em segundo lugar com 15%. “O restante está pulverizado pelas capitais e interior do País”, diz Kiste.
Mobilidade – Para garantir a mobilidade e o atendimento total dos clientes, a Shift deve receber até o final do ano mais 12 veículos, entre ônibus, micro-ônibus, vans e sedãs. “Hoje nossa frota própria [contando São Paulo e Rio de Janeiro] é de 26 veículos. Porém, temos mais de 400 parceiros cadastrados que nos auxiliam na prestação dos nossos serviços”, afirma o diretor da empresa, Alexandre Pinto.
Atualmente, a companhia oferece produtos nos segmentos de planejamento em transportes com atendimento em todo Brasil e exterior, logística terrestre e malha aérea com coordenação integral, motoristas bilíngues, escolta e segurança, city tours, entre outros. “Neste um ano de operações são mais de 500 clientes atendidos, dois escritórios no País, e o inicio da atuação internacional da empresa”, finaliza o diretor da Shift.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...