quarta-feira, 3 de outubro de 2012

Volvo já conta com ônibus híbridos circulando por Curitiba

Os primeiros ônibus híbridos produzidos pela Volvo no Brasil começaram a circular em Curitiba nesta ultima quinta-feira, 27 de setembro. Movido à eletricidade e a diesel, o veículo reduz em 90% a emissão de gases poluentes em relação aos ônibus com tecnologia Euro 3, que encontram-se em circulação atualmente.
São 30 ônibus híbridos circulando em Curitiba. Os primeiros dez farão a linha Interbairros I. Os outros 20, ainda sem data para entrar em circulação, vão substituir os veículos que fazem as linhas Detran-Vicente Machado, Água Verde-Abranches, Juvevê-Água Verde, e Jardim Mercês-Guanabara.
O ônibus híbrido produzido pela Volvo no Brasil tem uma tecnologia revolucionária e é a solução híbrida mais avançada já desenvolvida. A tecnologia Volvo permite economia de combustível de até 35% em relação aos veículos com motor somente a diesel.
“Somos a primeira montadora a trazer para o Brasil uma solução híbrida para transporte urbano de passageiros, o que reforça a posição de vanguarda da Volvo em oferecer soluções de transporte menos poluentes, mais econômicos e que contribuam com a qualidade de vida da população”, afirma Luis Carlos Pimenta, presidente da Volvo Bus Latin America.
Comparado aos ônibus equipados com tecnologia que atendem às normas de emissões Euro 3, os ônibus híbridos emitem 90% menos material particulado, 90% menos NOX e 35% menos CO2. Outra vantagem do veículo é não emitir ruído em cerca de 30% a 40% do tempo de operação. “Estamos muito otimistas. A eletromobilidade é um caminho sem volta”, destaca Euclides Castro, gerente da linha de ônibus urbanos da Volvo Bus Latin América.
Chamada de “Híbrida em Paralelo”, a tecnologia foi projetada para um ônibus com dois motores, um a diesel e outro elétrico, que funcionam em paralelo ou de forma independente. O motor elétrico é utilizado para arrancar o ônibus e acelerá-lo até uma velocidade de aproximadamente 20 quilômetros por hora, e também é usado como gerador de energia durante as frenagens.
O motor diesel entra em funcionamento em velocidades mais altas. A cada vez que se acionam os freios, a energia de desaceleração é utilizada para carregar as baterias. Quando o veículo está parado, seja no trânsito, em pontos de ônibus ou em semáforos, o motor diesel fica desligado.
A fábrica da Volvo, em Curitiba, é a primeira fora da Suécia, sede mundial da empresa, a produzir chassis híbridos da marca. A produção dos veículos iniciou em junho deste ano. As primeiras unidades são destinadas à Curitiba e São Paulo.
(EH)
Foto: Divulgação

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...