segunda-feira, 6 de abril de 2015

JUDICIÁRIO MANDA GUINCHAR DEZENAS DE ÔNIBUS DA VIAÇÃO ITAPEMIRIM

A Viação Itapemirim já esteve entre as maiores empresas de transporte da América, e já chegou a ser a maior do Brasil. Em outras épocas, ao lado da Fábrica Itapuã, os maiores empregadores do município de Cachoeiro de Itapemirim-ES. A cidade não se orgulhava apenas por ser a terra de Rubem Braga e Roberto Carlos, mas, também por ser sede da maior empresa de transporte do país, liderada empreendedor Camilo Cola.
O tempo passou e após alguns escândalos, como o do “Grampo” e da disputa judicial familiar, a empresa vive um de seus piores momentos financeiros da história, praticamente falida. A justiça realizou uma “busca e apreensão” a dezenas de ônibus da empresa e recolheu.
Desde a semana passada, durante as buscas, a justiça está focando nos ônibus da marca “Volvo” que são carros com maior valor no mercado, por serem automáticos e de frotas mais novas, porém, os carros mais inferiores não estão sendo deixados de lado, estão fazendo uma verdadeira "limpa" na empresa.
Segundo funcionários, que preferem não ser identificado, o FGTS não é depositado desde o final de 2012, o plano de saúde é cortado e reativado diversas vezes.
A última batida que o Ministério Público realizou na Viação, após analisar as jornadas fixas de intra jornadas do ano de 2014, obrigou o repasse de um valor que varia de 1.500,00 a 3.000,00 para os motoristas, referente aos cálculos de hora extras pendentes. 
Segundo os mesmos, os motoristas são contratados e recebem em casa, pois a empresa não tem uniforme para fornecer. Os funcionários internos, cansados de esperar o uniforme anual, agora trabalham com suas próprias roupas.
“O meu medo não é ser mandado embora, é de não receber o tempo de casa. Se hoje a Viação Itapemirim tem sua frota nova de modelos G7 série 60 mil, " graças a um grupo chamado Júlio Simões que tem 49%das ações em troca dos ônibus” afirmou.
Como é possível ver nas imagens, os ônibus possuem placa de Mogi das Cruzes-SP. Estão comprados em nomes de laranjas, pelo fato da Viação Itapemirim não ter crédito nem ao menos para adquirir peças de manutenção.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...