sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Linha do BNDES para compra de ônibus e caminhões por empresas ganha reforço de R$ 3 bilhões

Recursos vieram de remanejamentos dos orçamentos das linhas do Programa de Sustentação do Investimento
A linha de crédito do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para a compra de ônibus e caminhões por empresas ganhou reforço de R$ 3 bilhões. O Conselho Monetário Nacional (CMN) ampliou o orçamento da linha de R$ 31,5 bilhões para R$ 34,5 bilhões.
Os recursos vieram de remanejamentos dos orçamentos das linhas do Programa de Sustentação do Investimento (PSI), programa do BNDES que oferece R$ 134 bilhões para financiar compras de máquinas, equipamentos e bens usados na produção para estimular o investimento.
Dos R$ 3 bilhões destinados à linha de crédito para ônibus e caminhões, R$ 2 bilhões saíram da linha que financia a compra de bens de capital, cujo orçamento caiu de R$ 67 bilhões para R$ 65 bilhões. A quantia restante, R$ 1 bilhão, veio da linha Pró-Caminhoneiro, que teve o volume de recursos disponíveis reduzido de R$ 10,1 bilhões para R$ 9,1 bilhões.
De acordo com Mário Gouvea, assessor econômico do Tesouro Nacional, o remanejamento ajudará no ajuste da oferta de recursos à demanda de cada linha que compõe o PSI. “Foi constatado que poderia ser feita melhoria no programa fazendo a realocação de recursos”, afirmou.
O prazo para a contratação de crédito pelo PSI acaba em 31 de março. Segundo Gouvea, R$ 106 bilhões dos R$ 134 bilhões foram emprestados. Dependendo da linha de crédito, os empréstimos têm prazo de até 30 anos.
O remanejamento reduziu em R$ 400 milhões o custo do Tesouro Nacional para bancar os juros mais baratos nas linhas do BNDES. Isso ocorreu porque a linha que ganhou os R$ 3 bilhões tem juros de 8% ao ano. A linha para os caminhoneiros tem juros de 4,5% ao ano. Para bens de capital, os juros são de 5,5% ao ano. Como os recursos foram repassados para uma linha com juros maiores, o gasto do Tesouro para equalizar (pagar os subsídios) dos juros ficou menor

http://revista.pensecarros.com.br/

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...