sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Linhas de ônibus do Rio ganham telas com as notícias do GLOBO

RIO - As notícias do jornal O GLOBO chegam este mês aos passageiros de 150 ônibus de 14 linhas do consórcio Intersul. As telas foram instaladas nos coletivos, exibindo reportagens que deixam os leitores em dia com sua cidade, com o Brasil e o mundo. O sucesso já pôde ser comprovado. Estudante de design, Miguel Leite, de 19 anos, gostou da concepção do projeto noticioso.
- O design dos monitores ficou leve, facilitando a leitura - disse ele.
As notícias são apresentadas em textos curtos para facilitar a leitura dentro do ônibus. Segundo Ana Lucia Selvatici, coordenadora da área de Novos Negócios, a linguagem é própria.
- Somos os únicos com conteúdo atualizado ao longo de todo o dia - afirma.
Tudo foi feito criteriosamente. O Ibope Inteligência, uma empresa do Ibope, realizou pesquisa na qual foram ouvidas 600 pessoas, 300 da Zona Sul e 300 da Zona Norte, que utilizam ônibus pelo menos três vezes por semana.
Uma das questões era relativa ao design. Foram mostrados quatro tipos, e o que mais agradou aos entrevistados foi o que tinha figuras geométricas.
- Eles preferiram o design mais original - diz Marcelo Casé, responsável pelo desenho do site junto com Richard Vignais.
A bancária Anaile Cardoso leu com atenção as notícias.
- A ideia é muito boa. E faz o tempo de viagem passar bem mais rápido - atestou ela, que ressaltou o fato de o conteúdo dos monitores ter espaço para o horóscopo.
Na pesquisa do Ibope, as pessoas destacaram ainda como positivo o fato de o design não recorrer a muitas animações, no intuito de facilitar a leitura das notícias.
Foram testados também o tempo de leitura (15 segundos) e as diferentes distâncias entre o monitor e as pessoas dentro do ônibus.
A previsão é que, até o fim de 2011, sejam 500 ônibus com as notícias em tempo real.
O GLOBO tem uma parceria com a Onbus para implantação da nova mídia nos ônibus. Segundo Kleber Hollinger, sócio da Onbus, foram investidos R$ 3 milhões na operacionalização.
- É uma tecnologia inédita no Brasil, e a Infoglobo representa uma parceria de qualidade - afirma.
Uma das metas futuras é incorporar o uso do georreferenciamento para prover informações relativas ao local em que o ônibus está passando no momento.
- Será a segmentação total - prevê Kleber Hollinger.
Ana Lucia completa:
- Para isso, precisamos que as empresas instalem GPS nos ônibus, o que não deverá demorar muito pra acontecer, em função de uma exigência da própria prefeitura.
O objetivo do projeto é expandir o serviço para outros locais, como aeroportos, farmácias e outros ambientes nos quais se pode ler uma notícia. Cada local vai exigir adaptações pontuais.
Anunciantes têm opções para falar com clientes
A expectativa é que o novo produto, chamado Geomídia, chegue a três milhões de passageiros por mês.
- O projeto Geomídia reforça a meta de deixar o leitor com acesso cada vez mais facilitado ao conteúdo do GLOBO, que já conta com site, celular, iPad, Kindle e redes sociais. Além disso, oferece aos nossos anunciantes alternativas para falar com seus clientes de forma georreferenciada - afirma Carla Esteves, gerente geral de Novos Negocios da Infoglobo.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...