terça-feira, 1 de março de 2011

Mil ônibus irregulares circulam no DF

Ônibus velhos que já deveriam ter saído das ruas continuam transportando passageiros todos os dias. DFTrans admite que pelo menos um quarto da frota de coletivos está em situação irregular.
De acordo com a legislação, apenas ônibus com até sete anos de vida útil podem fazer o transporte de passageiros. Mas a realidade nas ruas é bem diferente – e não é difícil encontrar veículos em péssimas condições. A situação é agravada por uma liberação que permitiu que mil ônibus que não passaram por licitação pública circulassem nas ruas do DF. Eles deveriam ter sido tirados de circulação ainda no governo passado, mas muitos continuaram rodando.
Representante da Cootarde – cooperativa de transporte alternativo do Recanto das Emas -, Jefferson Luiz Dias Moreira denunciou a irregularidade à polícia e afirma que, enquanto as cooperativas tiveram de pagar até R$ 10 milhões para operar no sistema, as empresas receberam carta branca do governo. “Eles criaram um sistema dizendo que é excepcional e deixaram esses mil carros rodando como excepcional, sem licitação pública, sem nada”, destaca.
O DFTrans admite que os veículos não são seguros e diz que está trabalhando para combater o transporte pirata. “Nós já retiramos alguns ônibus de circulação e vamos retirar muito mais, combatendo de forma implacável a pirataria e fazendo medidas de natureza estrutural para melhorar o transporte no médio, longo prazo”, afirma o presidente do DFTrans, Marco Antônio Campanella. O Sindicato das Empresas de Ônibus disse que vai se aprofundar sobre o assunto para tomar as medidas pertinentes.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...