segunda-feira, 13 de junho de 2011

Bem-vindo ao ‘Lar, doce ônibus’

Com as ferramentas certas na mão e muitas ideias na cabeça, o empresário e torneiro mecânico Antônio Lopes, o Toni, 51, morador da cidade de Paiçandu (a 14 quilômetros de Maringá), foi dando vida ao seu projeto mais engenhoso: transformar um ônibus em uma casa de veraneio sobre rodas.
A viabilização do projeto exigiu um significativo investimento financeiro e vários anos de trabalho. Valeu o esforço, pois o resultado é surpreendente. "Em qualquer lugar que nós vamos, as pessoas olham curiosas e surpresas", revela ele.
A ideia surgiu quando Toni, ao descer para o litoral do Paraná, durante seu período de férias, percebeu que gastava demais com combustível e pedágios.
*João Paulo Santos
Toni não mediu esforços e criatividade para transformar um ônibus num motorhome altamente funcional
"Eu tenho dois bugs que também construi e para levá-los ao litoral era muito dispendioso e trabalhoso. Foi aí que pensei: por que não desenvolver um motorhome grande o suficiente para levar os bugs e toda a família de uma vez?", diz.
Procura-se um ônibus
Encontrar um ônibus que fosse grande o suficiente para servir de garagem para os dois bugs não foi tarefa fácil e exigiu cinco anos de procura. Então, ele começou, enfim, a colocar a mão na massa, ou melhor, na lata.
http://www.odiario.com/

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...