terça-feira, 23 de agosto de 2011

Curitiba_Recicladora melhora viagens de 410 mil passageiros de ônibus

Ficou mais rápido para o assistente administrativo Claudemir José Bonfim ir ao trabalho e voltar a casa depois que a recicladora de asfalto da Prefeitura de Curitiba recuperou as ruas no Bairro Alto. Sem buracos, a viagem da linha Tarumã ficou mais tranquila e segura. “Vou sossegado nas minhas viagens e descanso dentro do ônibus”, disse Bonfim. 
As melhorias das viagens de ônibus da cidade já beneficiam mais 410 mil passageiros, segundo levantamento da Urbanização de Curitiba (Urbs). A recicladora de asfalto recuperou 19,8 quilômetros de ruas atendendo a 55 linhas de ônibus e está trabalhando em outros 58 quilômetros, em ruas que são itinerário de mais 79 linhas de ônibus de Curitiba. 
Prioridade - A prioridade das obras de reciclagem é pelas ruas por onde passam os ônibus. Atualmente, o transporte coletivo percorre 28 quilômetros de ruas em saibro, 168 quilômetros de ruas de antipó e 986 quilômetros de ruas de asfalto definitivo. “Quando a Prefeitura concluir o trabalho de recuperação das ruas por onde passam os ônibus, em especial nas ruas de saibro e antipó, 700 mil passageiros serão beneficiados diretamente pelo trabalho das recicladoras”, disse o prefeito Luciano Ducci.“Depois que fizeram a obra, a viagem está mais segura. Não sacoleja mais e o ônibus chega mais rápido em casa”, afirma a dona de casa, Dazir de Oliveira Rosa, moradora do Bairro Alto. Claudemir José Bonfim, assistente administrativo e também residente no Bairro Alto, aprovou a nova pavimentação nas ruas do transporte coletivo. “Dá para ler no ônibus. Antes o ônibus pulava demais. Agora a gente tem uma viagem tranquila e sossegada”, disse Bonfim.A 
Secretaria Municipal de Obras Públicas trabalha com duas recicladoras de asfalto na cidade, que percorrem bairros diferentes, transformando ruas de antipó em asfalto definitivo. “Este tipo de tecnologia faz com que o trabalho seja rápido e eficiente, além de ser até 40% mais barato que o método tradicional”, disse o secretário municipal de Obras Públicas, Mário Tookuni.
Rapidez e qualidade - Com esta tecnologia, uma rua de antipó com 100 metros demora até cinco dias para ganhar o asfalto novo. Enquanto que no método tradicional, o processo demora no mínimo 45 dias. “O resultado é um asfalto de qualidade, que vai durar mais de uma década sem precisar de manutenção”, disse Tookuni.Para a dona de casa Noêmia Maria Refosco, moradora da rua Atílio Piotto, no Uberaba, a obra melhorou ao bairro. “O asfalto melhorou tudo. Não tem poeira, não tem buracos. As viagens de ônibus ficaram mais seguras. Agora dá gosto de ver a rua”, afirma.
Obras não param - Até o primeiro trimestre de 2012, mais de 300 mil moradores de Curitiba terão asfalto novo em frente a sua casa. As obras da recicladora de asfalto da Prefeitura de Curitiba terão atendido o equivalente a população de Maringá, com cerca de 350 mil habitantes. As obras estão acontecendo nas principais vias de ligação dos bairros e nas ruas de ônibus.Um exemplo de rua beneficiada é a rua Santa Joana D´arc, no Lindóia, onde a dona de casa, Ivete Ivelma ganhou asfalto novo em frete da sua casa. Ela conta que o asfalto está chegando e trazendo mais conforto. “Os imóveis vão valorizar, com a rua bonita e mais segura”, disse.A previsão é que até o início do próximo ano sejam revitalizados 80 quilômetros de antipó, que vai se transformar em asfalto definitivo. Serão recuperados mais de 100 ruas, que também vão ganhar meio-fio.
Benefícios da recicladoraMais de 100 ruas atendidas
80 quilômetros até início de 2012
410 mil passageiros já foram atendidos
Até 2012, serão 700 mil passageiros beneficiados
310 mil moradores terão asfalto novo em frente de casa

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...