domingo, 8 de janeiro de 2012

Outra empresa de ônibus em Natal será vendida


O que estaria desinteressando os empresários potiguares a continuar apostando no setor de transporte público. Depois da venda da empresa de ônibus Transportes Guanabara para um grupo pernambucano, vem aí a venda de outra empresa, também para um grupo de Pernambuco. O negócio está tão adiantado que até já foi assinado contrato de pré-venda. Seria a possibilidade de licitação no setor que estaria desagradando os empresários do Rio Grande do Norte. 
Segundo Augusto Maranhão, diretor de comunicação do Seturn. "O sistema de transporte coletivo vem capengando. Os custos de operação das empresas que atuam em Natal subiram em até 60%". Isso porque o número de viagens diárias caiu de 10 para seis, com os engarrafamentos, reduzindo o número de pessoas transportadas e, consequentemente, a receita. 
"Desta forma, fechar a conta no final do mês está cada vez muito difícil". 
Segundo ele, o fato dos usuários bancarem a gratuidade dos ônibus e da Prefeitura não subsidiar a viagem dos não pagantes está levando o sistema a bancarrota. 
Outras empresas de ônibus municipais e intermunicipais já foram vendidas.
As empresas potiguares estão com os dias contados. Não há a mínima condição de se manter, em razão dos prejuízos acumulados. Empresas como Cidade do Natal, Transflor, Nossa Senhora da Conceição e Rio Grandense podem ser as próximas a encerrar suas atividades".
A dificuldade em 'fechar a conta' não seria de hoje, segundo ele. Sem capital para renovar a frota, as empresas locais temem ficar fora da licitação, prevista para março de 2012. "Talvez não consigamos nos adequar", preocupa-se. Segundo ele, um dos critérios é que a frota tenha idade máxima de 3,5 anos, média nacional. Os ônibus que circulam em Natal tem em média 5 anos - 1,5 anos a mais que o recomendado.
Fonte: Fortalbus.com

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...