terça-feira, 20 de março de 2012

Grande Recife recebe novos ônibus articulados

Futuros BRTs – RMR recebe novos e modernos ônibus
A escolha do modal BRT para os principais projetos de mobilidade urbana na RMR já provocaram mudanças satisfatórias nas novas aquisições das operadoras do STTP. Novos e modernos ônibus articulados chegam a capital pernambucana.
Equipados com potentes motores traseiros, eles proporcionaram viagens mais rápidas e confortáveis aos passageiros do SEI (Sistema Estrutural Integrado).
Os novos ônibus serão utilizados para atender os usuários dos novos terminais de Tancredo Neves, Cajueiro Seco e Aeroporto, que em breve serão inaugurados. Todos os ônibus são padronizados nas cores oficiais da rede integrada. A previsão do Governo de Pernambuco é de que, até junho de 2014, todos estes novos equipamentos já estejam em pleno funcionamento, o que elevará a quantidade de terminais dos atuais 13 para 25 unidades.
É grande a expectativa da população em relação a expansão do SEI, sistema que proporciona ao passageiros pagar uma única tarifa e se deslocar por dentro de toda a rede, chegando a qualquer uma das 14 cidades que compõem o RMR. O eletricista Mário Gonçalves, 45 anos, morador da UR 11 (Ibura), exclama: Somente espero que estes novos locais sejam organizados, pois na atualidade encontramos tudo saturado! Fico também feliz em saber que viajaremos em novos ônibus pois os que ando no meu dia a dia deixam muito a desejar; são antigos, fazem muito barulho e não oferecem nenhum conforto; também não esquecendo da superlotação nos horários de pico.
Em audiência pública realizada na última sexta-feira (16), o Governo do Estado anunciou que vai licitar todas as linhas de ônibus da RMR e que, entre as exigências, está a climatização dos ônibus, medida que poucos acreditam que irá funcionar de forma permanente. “O custo de tudo isto será altíssimo e quem irá financiar?”, questiona a enfermeira Adriele Santana, 23 anos, moradora de Zumbi do Pacheco. “Sabemos que todo usuário merece este conforto; acontece que tenho receio que isto seja colocado na tarifa enquanto custo para as empresas e depois seja repassado para o bolso de nós, os passageiros. Já assistimos este seriado em meados de 2003/04 quando o governo começou a retirar as kombis de circulação os empresários do setor prometeram ônibus com ar condicionado; e até cumpriram. E depois de um certo tempo tudo foi desligado”, lembra a profissional de saúde.
A São Judas Tadeu já colocou todos os seus novos ônibus em operação dentro do TI do Cabo de Santo Agostinho. Já as demais empresas aguardam autorização do GRCT para iniciarem suas atividades.
*Fonte: Blog Rota Pernambucana. Fotos: Ícaro Rodrigo, Adão Henrique do Santos e Jovani Cecchin/Ônibus Brasil.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...