quinta-feira, 29 de março de 2012

Mercedes-Benz lança novo chassi de Ônibus Escolar Rural

Novidade foi desenvolvida para o programa “Caminho da Escola” 
A Mercedes-Benz está lançando mais uma novidade no segmento de ônibus, o chassi OF 1519 R, desenvolvido para o transporte de alunos na zona rural. O produto foi projetado para operações fora-de-estrada, possuindo, assim, robustez e resistência para atuar em condições mais severas, típicas de vias não pavimentadas.
A novidade preenche os requisitos constados no edital do ORE (Ônibus Rural Escolar), que faz parte do FNDE (Fundo Nacional para o Desenvolvimento da Educação), entidade ligada ao Ministério da Educação. “Além disso, oferecemos itens exclusivos que ampliam ainda mais o nível de conforto e segurança, assegurando a qualidade no transporte de alunos da zona rural, condição essencial dessa iniciativa de inclusão educacional do governo federal”, destacou Gilson Mansur, diretor de Vendas e Marketing Ônibus da Mercedes-Benz do Brasil.
O FNDE, por meio do programa “Caminho da Escola”, visa à renovação e ampliação da frota brasileira de ônibus escolares para melhorar o transporte rural nas instituição de ensino e, com isso, evitar que os alunos abandonem os estudos. A Mercedes participa do programa e já forneceu diversas vezes ônibus ao fundo; em 2010, por exemplo, foram 300 unidades.
As exigências do Fundo para os veículos, que participam do programa, são que eles apresentem redução de balanços dianteiros e traseiros, maior altura do chassi e de ângulo de entrada, bem como pneus diagonais na dianteira e traseira. Além disso, o edital ainda exige que os motores já estejam adequados à normatização Proconve P7.
Para cumprir todas as exigências requeridas pelo edital de ORE, o chassi OF 1519 R foi inteiramente projetado pelo Centro de Desenvolvimento Tecnológico da montadora no Brasil. O produto é oferecido em duas versões, a entreeixos de 4,8 metros, para ônibus convencional de 9,4 metros de comprimento com 48 assentos para alunos (ORE 2); e também na entre eixos de seis metros para ônibus convencional de 11 metros com 59 assentos para alunos (ORE 3). As duas opções atendem as mesmas aplicações, ficando a cargo das prefeituras a escolha dos modelos de acordo com sua necessidade de operação.
Os chassis são equipados com motor eletrônico OM 924 LA do OF 1519 R, com 185 cavalos de potência a 2.200 rpm e torque de 71,4 mkgf entre 1.200 e 1.600 rpm. O propulsor faz parte da linha BlueTec 5 que atende aos padrões do Proconve P7.
A novidade será integrada ao portfólio da marca e pode atender a outras atividades do transporte de passageiros em vias fora-de-estrada, como o de funcionários de empresas que atuam em mineração, construção pesada, segmentos madeireiro e canavieiro e aplicações severas em vias não pavimentadas.
A expectativa da marca é que, neste ano, sejam comercializadas entre 2.000 e 2.500 unidades por meio do FNDE. O preço dos ônibus, já encarroaçados, para o programa varia entre R$ 214 mil e R$ 236.840.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...