segunda-feira, 14 de maio de 2012

Campo Grande/MS;Nova concessionária do transporte coletivo terá que investir R$ 553 milhões no sistema

Por Cristina Viduani RBVNews:
Quem conseguir a autorização para explorar o serviço precisará comprar, pelo menos, mais 73 ônibus
A frota atual tem 553 veículos e a empresa que vencer a licitação terá de investir R$ 553 milhões no sistema ao longo dos 20 anos de concessão. Já ao término do primeiro ano a concessionária deverá ter ampliado a frota com mais 73 ônibus, sendo 25 veículos articulados, 15 alongados, 15 microônibus e 18 veículos convencionais. A compra destes ônibus deverá custar à nova concessionária cerca de R$ 20 milhões, estimativa que não inclui o custo que a empresa terá de pagar pelo direito de explorar o serviço (outorga onerosa). 
Além da ampliação imediata da frota, a futura concessionária terá de investir mais R$ 20 milhões em tecnologia que permitirá a elaboração da matriz de origem e destino e na implantação de uma central de controle operacional do sistema, além da elaboração do coeficiente de integração física dos usuários, por meio da qual a prefeitura saberá exatamente quantos usuários usaram o sistema de integração, quantos pagaram a tarifa e quantos desembarcam antes do ônibus chegar ao terminal. 
Isso permitirá que o município e a própria empresa tenham informações atualizadas sobre a demanda de usuários em cada itinerário e a necessidade da criação de novas linhas. 
Com o investimento de R$ 180 milhões que a prefeitura deve aplicar no Projeto de Mobilidade Urbana, a expectativa da agência reguladora é que haverá barateamento da tarifa em função do crescimento da demanda de passageiros, por conta da maior qualidade do serviço. 
A velocidade média dos ônibus deverá passar de 16 para 21 km por hora, com 58 quilômetros de corredores exclusivos e quatro terminais a serem implantados. A projeção é que o tempo de viagem seja reduzido em 50 segundos por quilômetros. Isto significa diminuir, por exemplo, em 18,11 minutos o tempo médio das viagens que o ônibus fará num corredor com 21,73 km de extensão, como o sudoeste, que abrangerá as avenidas Marechal Deodoro, Bandeirantes, Afonso Pena e Brilhante.
Dedes a ultima terça-feira (8), está disponível no site da Prefeitura, o edital de concorrência aberto a empresas interessadas na concessão do serviço de transporte coletivo urbano da Capital. A concessão será por um período de 20 anos, sendo prorrogável por mais 10 anos. O edital ficará disponível até o próximo dia 28 de maio para consulta da população e das empresas interessadas.
Cristina Viduani / RBV NEWS com assessoria

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...