sexta-feira, 18 de maio de 2012

MAN e Peugeot Citroën param produção

Parada: Linha de produção da MAN tem atividades suspensas por onze dias
Resende e Porto Real
As duas montadoras de veículos estabelecidas na região - a MAN Latin America, de ônibus e caminhões, em Resende, e a PSA Peugeot Citroën, de automóveis, em Porto Real, vão paralisar as linhas de produção nos próximos dias. Nos dois casos, as paralisações serão por onze dias. A MAN para de 4 a 11 de junho, enquanto a data exata da paralisação da PSA Peugeot Citroën não foi informada.
Motores menos poluentes reduzem vendas da MAN
A parada na MAN se deve às baixas vendas dos caminhões com motores que atendem á especificação Proconve 7 - correspondente à Euro 5. A legislação obriga as montadoras brasileiras, desde o início deste ano, a produzirem apenas modelos que usem motores que atendam a essa especificação.
No entanto, esses motores deixam os veículos mais caros - o aumento varia de 10% a 15% - e existem resistências de alguns frotistas, que temem não encontrar o combustível para as novas máquinas em todas as regiões do país, ou encontrá-lo a um preço que eleve demais os custos da viagem.
Os emplacamentos de caminhões chegaram a 5.374 unidades na primeira quinzena de maio, queda de 12,5% na comparação com a primeira metade de abril e de 30,2% ante a primeira quinzena de maio do ano passado.
Os ônibus totalizaram 1.143 unidades neste início de maio, com queda de 17,4% ante a primeira quinzena de abril e de 16% na comparação com a primeira metade de maio de 2011. Os dados se referem ao total das montadoras brasileiras.
As montadoras puderam comercializar, até o fim de março, o estoque de ônibus e caminhões com as especificações anteriores, produzidos até o fim de dezembro. Com isso, algumas empresas - entre elas a MAN - optaram por formar estoques dos caminhões mais baratos para vender nesse período.
As montadoras que preferiram se concentrar desde o início do ano na venda dos caminhões e ônibus compatíveis com Proconve 7 enfrentaram quedas de venda mais acentuadas no início do ano, mas têm uma tendência de recuperação à medida que o mercado começa a perder a resistência à nova especificação.
Quem montou estoques teve um resultado melhor nas vendas do início do ano, mas agora enfrenta uma redução aguda nas vendas, também com expectativa de recuperação para os próximos meses.
PSA Peugeot Citroën vai realinhar fábrica
Embora as vendas de automóveis no Brasil também estejam em baixa, na comparação com o ano passado, por causa das restrições ao crédito impostas por bancos e financeiras, a parada na produção da PSA Peugeot Citroën não se deve à necessidade de reduzir estoques. A montadora prepara uma reformulação em sula linha de produção, para iniciar a fabricação de novos modelos, que devem estrear em breve no mercado brasileiro.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...