segunda-feira, 7 de maio de 2012

No ônibus, quem comanda é ela

Maria Aparecida na direção do coletivo que faz a linha 204
Maria Aparecida Malta Borges, 42 anos, é um típico exemplo de mãe-mulher-esposa que levanta da cama ainda de madrugada para pegar literalmente no pesado. Ela é motorista de ônibus de transporte coletivo de Maringá. Há um ano e três meses, a rotina dela é percorrer, durante as sete horas e vinte minutos de trabalho ininterrupto, cerca de 150 quilômetros por dia.
Quem fizer o trajeto das linhas 169 e 204, Jardim Alvorada e Dias, respectivamente, dependendo do horário, pode dar de cara com Maria Aparecida ao volante.
Ela garante que ainda causa "espanto" em alguns passageiros, já que é uma das cinco mulheres que seguem a profissão na cidade, mas os olhares desconfiados não a incomodam. "Aos poucos, conseguimos acabar com o estigma de que mulher ao volante é perigo constante", diz.
Maria Aparecida conta que o amor pela profissão teve influência ainda na infância. Criada no sítio, ela diz que desde menina tinha verdadeira paixão por pilotar o trator e o caminhão do pai. Maria Aparecida diz que sempre gostou da boleia do caminhão, mas que nunca imaginou que o destino fosse reservar para ela a profissão de motorista de ônibus.
"Trabalhei em muitas outras profissões para criar meus filhos. Sempre dei um duro danado ao lado do meu marido, que é caminhoneiro, para não deixar faltar nada dentro de casa", conta emocionada. Hoje, a motorista de ônibus, divide o tempo entre o volante, os afazeres domésticos e o neto, de um aninho, de quem ela cuida todas as noites para a nora trabalhar.
O sorriso no rosto é a marca registrada da motorista, que com simpatia transporta centenas de usuários, todos os dias, de várias idades. Segundo ela, tem gente que demonstra ter mais confiança em mulheres ao volante.
"Já vive situações onde as pessoas comentaram comigo que se sentiam muito mais seguras. Outras, tive de driblar o olhar preconceituoso", admite com uma risada gostosa.
Fonte da Matéria: http://www.odiario.com/

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...