segunda-feira, 11 de junho de 2012

Mercedes-Benz Citaro com design Metrobus

Reforço da nova gama
A nova geração do Mercedes-Benz Citaro passa também a estar disponível com design do tipo “Metrobus”, que se destina a aplicações como transporte em linhas dedicadas de alta capacidade (Bus Rapid System ou BusWay). O novo reforço da gama de autocarros urbanos da marca alemã foi apresentado no Salão Transports Publics 2012, que decorreu na semana passada no Parque de Exposições de Paris (França).
Com um comprimento de 17,94 metros, uma largura de 2,55 metros e uma altura de 3,34 metros, o veículo recebeu elementos de estilo que o diferenciam do modelo “convencional”, nomeadamente vidros laterais prolongados quase até ao nível das cavas das rodas, que receberam um revestimento protetor mais escuro. O acesso ao autocarro é efetuado por quatro portas. O interior oferece 30 lugares sentados, sendo a informação aos passageiros transmitida por quatro monitores de 19 polegadas. A unidade exposta conta com motor OM 457 hLA Euro 5 de 354 cv.
Operador suíço recebe autocarro “fuel cell” híbrido
Para serviço regular
A PostAuto Schweiz tornou-se no primeiro operador de transportes da Suíça a ter ao serviço um autocarro urbano movido a hidrogénio híbrido. Desde o final de 2011 que a empresa opera cinco veículos Mercedes-Benz Citaro FuelCELL Hybrid nas carreiras de Brugg (no cantão de Aargau). A PostAuto irá testar os veículos nos próximos cinco anos, utilizando hidrogénio limpo como combustível. A rede densa de carreiras operada pela PostAuto na zona de Brugg constitui um teste ideal em termos de topografia e estradas, com uma mistura de tráfego urbano, estradas rurais e ruas de aldeias.
O cantão suíço de Aargau vai apoiar o projeto do autocarro com célula de combustível com um subsídio de 1,5 milhões de francos suíços (1,24 milhões de euros) provenientes do fundo da loteria daquele país.
Em comparação com os autocarros a célula de combustível testados em 2003 ao abrigo dos programas CUTE e HyFLEET, o novo Citaro FuelCELL Hybrid beneficiou de inovações importantes: hibridização com recuperação de energia e armazenagem em baterias de iões de lítio, potentes motores elétricos montados nos cubos das rodas que desenvolvem 120 kW em contínuo, unidades de tomada de força eletrificadas e células de combustível mais avançadas.
Com a energia elétrica acumulada nas baterias, o Citaro FuelCELL Hybrid consegue percorrer vários quilómetros utilizando apenas a energia das baterias. A Mercedes-Benz reclama que a hibridização, a melhoria nos componentes da célula de combustível e as baterias de iões de lítio permitiram uma redução no consumo de hidrogénio de aproximadamente 50 por cento. Como resultado, foi possível reduzir o número de depósitos de hidrogénio diminuiu de nove para sete. A autonomia anunciada pelo construtor é superior a 250 quilómetros.
por: Carlos Moura

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...