sexta-feira, 27 de julho de 2012

Empresas entregam proposta para a compra de 22 VLT´s para a Baixada Santista

Na audiência pública realizada nesta sexta-feira, na unidade da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos, em São Bernardo do Campo, duas empresas e dois consórcios entregaram as propostas para a licitação da compra de 22 VLT´s (Veículos Leves sobre Trilhos) que trafegarão no trecho que ligará o Terminal Barreiros, em São Vicente, ao Porto, em Santos, e sua extensão Conselheiro Nébias a Valongo. 
Os dois trechos correspondem à primeira fase do SIM (Sistema Integrado Metropolitano), projeto do Governo do Estado, coordenado pela Secretaria dos Transportes Metropolitanos, por meio da EMTU/SP.
As empresas que entregaram as propostas são Cosntrucciones Y Auxiliar de Ferrocarriles S.A. e Pojazdy Szynowe Pesa Bydgoszcz. Também entregaram as propostas o Consórcio Alstom – formado pelas empresas Alstom Brasill Energia e Transporte Ltda e Alstom Transport S.A. – e o Consórcio TREMVIA SANTOS – formado pelas empresas Trans Sistemas de Transportes S.A. e Vossloh Espanã S.A. - .
Trata-se de uma concorrência internacional e a assinatura do contrato com a vencedora do certame está prevista para setembro de 2012. O primeiro veículo deve ser entregue em 18 meses (abril de 2014). A entrega de todos os trens deve ser concluída até março de 2015 e o investimento estimado é de R$ 284,3 milhões.
Outro passo importante para viabilizar a circulação do VLT é a licitação dos sistemas de comunicação e sinalização. O edital de compra dos sistemas de energia, sinalização, telecomunicações, controle de tráfego e bloqueios (catracas e guichês) deve ser publicado ainda neste mês de julho. 
O Veículo Leve Sobre Trilhos escolhido para operar na Baixada Santista seguirá algumas especificações básicas: 2,65m de largura por 44 m de comprimento, capacidade para 400 usuários; velocidade média de 25km/h ( a máxima é de 80 km/h) e ar condicionado. 
Sistema Integrado Metropolitano – SIM/VLT
Com a expectativa de atender cerca de 70 mil passageiros/dia útil nesta primeira fase, o VLT será integrado às linhas de ônibus metropolitanos e municipais. Contará com obras de infraestrutura como terminais, estações de transferência, pontos de parada, dispositivos de acessibilidade, intervenções no viário e construção de ciclovias. O investimento total previsto é de R$ 855 milhões.
Projetos
Desde fevereiro de 2012 o Consórcio Projeto VLT (empresa vencedora da licitação) está elaborando o projeto executivo do trecho que ligará o terminal Barreiros ao Porto (11km), previsto para ser concluído em agosto de 2012.
Já o Consórcio Projetos SIM RMBS elabora o projeto básico e executivo dos outros trechos do VLT: Conselheiro Nébias/Valongo (4 km), Projeto Básico dos trechos Barreiros/Samaritá - 7,4 km e Cons. Nébias/Ponta da Praia - 4,4 km, e Projeto Funcional da ligação Samaritá/Terminal Tatico - 7km. O prazo de conclusão é setembro de 2012.
Obras
Em abril foi retomado o processo de licitação com a entrega da documentação técnica e de habilitação para a pré - qualificação das empresas interessadas em participar da licitação pública para a execução das obras. Foram habilitados cinco Consórcios e a licitação está em fase de recursos.
Entre julho e agosto está prevista a publicação dos dois editais para a contratação dos Consórcios que executarão as obras do trecho prioritário e sua extensão, cujos trabalhos devem começar entre setembro e outubro. A estimativa é de que as obras terminem no primeiro semestre de 2014.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...