sábado, 10 de novembro de 2012

Senado vota projeto que obriga empresas de ônibus a alertar usuários para risco de trombose

A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado analisa, na próxima quarta (7), projeto de lei que obriga as empresas de transporte coletivo a orientar os passageiros sobre medidas a serem adotadas durante a viagem para evitar a trombose, doença causada pela formação de coágulos nas veias.
O problema pode ocorrer durante ou após a viagem, quando o passageiro fica sentado na mesma posição por muito tempo, e está associado a fatores de risco como predisposição familiar, idade avançada, gravidez e consumo de álcool, entre outros.
De acordo com o projeto (PLC 121/2010), que será examinado em decisão terminativa, a orientação aos passageiros deve ser realizada antes do início da viagem, de acordo com normas internacionais e nacionais de prevenção da trombose.
Conforme explica o autor do texto, deputado Ciro Pedrosa, a doença pode se agravar com o desprendimento dos coágulos, resultando em embolia pulmonar, “condição potencialmente fatal e que deve ser tratada o mais imediatamente possível”.
Para reduzir o risco do problema, os passageiros serão orientados a não colocar bagagem em baixo das poltronas, pois isso restringe o movimento das pernas, a evitar cruzar as pernas, a mudar sempre de posição, a beber líquidos e a fazer pequenos exercícios durante a viagem.
Fonte: Agência Senado

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...