terça-feira, 23 de abril de 2013

Curso capacita monitores para o transporte coletivo em Salvador

A Transalvador, em parceria com o Sindicato das Empresas de Transportes de Passageiros de Salvador (Setps), promove, até o dia 27 deste mês, um curso para 150 monitores, que vão auxiliar os agentes da Transalvador a fiscalizar a entrada de pessoas não autorizadas pela porta dianteira dos ônibus da capital. Serão quatro turmas, e cada novo agente monitor será treinado durante 12 horas por técnicos da Transalvador, sobre relações interpessoais, legislação e técnicas de abordagem. As aulas começaram na segunda-feira (15).
De acordo com a Lei 7.209/07, regulamentada pelo decreto nº. 11/2007, têm direito a entrar pela porta de desembarque gratuitamente idosos devidamente identificados e deficientes físicos, portando cartão de acesso. A entrada pela porta dianteira é permitida a gestantes e obesos, desde que registrem e paguem a passagem.
A iniciativa é de interesse do sindicato das empresas de transporte, que tenta evitar a evasão de renda. Mas a Transalvador também tem motivos para firmar a parceria. De acordo com o superintendente Fabrizzio Muller, o preço da tarifa de ônibus é diretamente impactado pelo número de pessoas que usam o ônibus.
“Quando alguém anda de ônibus sem pagar, quem arca com este custo são os usuários pagantes. Queremos evitar que irregularidades ocorram, desonerando o preço final da passagem”, declarou Fabrizzio Muller.
“A medida viabiliza também a solicitação de mais linhas e de frota, já que, quando a entrada no veículo é registrada pela catraca, temos um número mais próximo do real de pessoas que utilizam o transporte coletivo e podemos estimar a necessidade”, complementou o superintendente.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...