quinta-feira, 11 de abril de 2013

Empresa de ônibus Paranapuam é multada em R$ 117 mil por atrasos na vistoria e irregularidades

RIO - A Secretaria municipal de Transportes (SMTR) informou nesta quinta-feira que multou o consórcio Internorte e sua consorciada Paranapuam em R$ 117.883,55 por infrações ao código disciplinar da SMTR e ao contrato de concessão. Segundo a prefeitura, em nota, desse valor, R$106.371,55 correspondem a irregularidades com a frota e R$11.512 por atraso na vistoria do Detran.
A secretaria determinou ainda que a empresa regularize a documentação no prazo de 30 dias. Caso essa determinação não seja cumprida, a prefeitura aplicará as sanções contratuais cabíveis o que poderá resultar, inclusive, na cassação da permissão da empresa operar no sistema de ônibus da cidade do Rio.
Na última semana, dez ônibus da Paranapuam foram apreendidos pelos fiscais da secretaria por irregularidades diversas relativas à documentação e conservação dos veículos. De acordo com a prefeitura, as multas foram expedidas após a notificação formal, publicada no Diário Oficial do município da última segunda-feira, que exigia do consórcio Internorte e da Paranapuam, providências em relação às irregularidades apontadas contra a empresa.
A Paranapuam é a mesma empresa do ônibus que caiu do Viaduto Brigadeiro Trompowski, na Avenida Brasil, no dia 2 de abril. Nesta quarta-feira, o delegado José Pedro Costa, titular da 21ª DP (Bonsucesso), pediu a prisão preventiva de André Luís Souza Oliveira, de 33 anos, motorista do ônibus da linha 328 (Castelo x Bananal), e do estudante de engenharia da UFRJ Rodrigo dos Santos Freire, de 25, acusado de iniciar uma discussão com o condutor momentos antes do acidente. Os dois foram indiciados e responsabilizados pela queda do ônibus. O acidente deixou sete mortos e 11 feridos.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...