quarta-feira, 22 de maio de 2013

Ônibus de Cuiabá serão fiscalizados por GPS

Em menos de seis meses a frente da secretaria municipal de Trânsito e Transporte Urbano (SMTU), Antenor Figueiredo, esta conseguindo colocar a casa em ordem, uma vez que, encontrou o órgão “desorganizado”.
Para o secretário seu maior desafio é o transporte coletivo. Antenor pretende instalar GPS em toda a frota de ônibus de Cuiabá para fiscalizar a rota, o tempo de demora, a fim de serem monitorados pela SMTU, além da instalação de radares para educar os motoristas da Capital.
Antenor informou ainda que as paradas de ônibus também devem passar por reformas. Sobre os abrigos, o gestor garantiu que vão acontecer melhorias. Algumas substituídas, outras restauradas e em alguns pontos que ainda não tem serão instalados. “Os abrigos mais antigos precisam evoluir para mais modernos. Isso tudo leva a grandes investimentos e eu tenho certeza que o prefeito Mauro Mendes está sensível a essa questão", frisou.
Antenor disse que a solução do transporte em Cuiabá passa por investimentos em infraestrutura e na implantação do Veículo Leve sobre Trilho (VLT). "O transporte convencional está saturado. Precisamos de um novo sistema para o transporte público na cidade".
Neste primeiro momento, porém, o titular da SMTU acredita que pequenas medidas podem melhorar o trânsito na cidade. Entre elas, estão a sinalização, semáforos inteligentes e a fiscalização realizada pelos agentes de trânsito da capital, aqueles popularmente conhecidos como “amarelinhos”.
Atualmente a secretaria conta com 167 Agentes de Trânsito. O que na opinião do gestor titular não é suficiente para atender a demanda. Para ele o ideal seria no mínimo 300. Segundo Figueiredo, a SMTU enfrenta dificuldades financeiras. Algumas fontes de arrecadação como as multas do Detran não são repassadas com regularidade ao órgão.
Antenor defende que o transporte público eficiente é a solução para a maior parte dos problemas no transito da capital mato-grossense. Nos últimos dez anos, a frota de veículos dobrou e o impacto nas vias urbanas é visível diante dos congestionamentos.
A fim de atender as revindicação dos usuários do transporte coletivo, Antenor Figueiredo, determinou que estudos fossem realizados nos bairros da capital para apontar as principais dificuldades da população. O objetivo é solucionar os problemas de demora dos ônibus, superlotação, falta de fiscalização, e a falta de ônibus em alguns bairros. Para esses problemas, Antenor acredita que um bom planejamento de logística e a implantação de programas eficazes, vão suprir as necessidades existentes e ainda contribuir para a melhoria na qualidade de vida dos usuários.
A atual gestão da SMTU garante que vai estipular critérios de fiscalização e acompanhamento das estruturas oferecidas pelas empresas de transporte coletivo.
Durante esse período a frente do órgão, Antenor, também colocou em prática a Lei Municipal nº 5.463, de 27 de setembro de 2011, que disciplina o tráfego de veículos pesados na capital. De modo que os motoristas respeitem e obedeça a lei municipal, o secretário determinou que os Amarelinhos intensificassem a fiscalização e as autuações para aqueles que descumprirem a determinação e ainda reforçou a sinalização.
Em mais uma das ações, no intuito de conscientizar a população dos perigos no transito, Antenor, juntamente com sua equipe técnica realizou no último dia 05 de maio deste ano, o primeiro passeio ciclístico “Paz no Trânsito”. De acordo com o organizador o evento foi um sucesso.
Participaram cerca de 500 ciclistas entre crianças, jovens e adultos. “O principal objetivo foi alcançado. A conscientização sobre a necessidade de respeitar as regras de trânsito e promover a paz entre motoristas e ciclistas”, destacou.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...