quarta-feira, 12 de junho de 2013

Passageiros e motoristas de ônibus enfrentam problemas nas cidades

Motoristas e cobradores de Recife chegam a trabalhar 14 horas por dia.
Empresas limitam a quantidade de passageiros que podem viajar de graça.

O Profissão Repórter desta terça-feira (11) registra a tensão que acompanha passageiros e motoristas nos ônibus das grandes cidades brasileiras.
A repórter Paula Akemi circulou por vários bairros do Rio de Janeiro e mostrou que os motoristas, com frequência, não param nos pontos. O professor de matemática Revael Manoel fez sinal para cinco ônibus, sem sucesso. O mesmo acontece com aposentados e estudantes que viajam de graça. Motoristas que não querem se identificar contam que as empresas impõe limites a quantidade de passageiros que podem viajar de graça e pagam um bônus para os profissionais que levam mais passageiros. A federação que representa as empresas diz que desconhece a prática.
Thiago Jock gravou por uma semana na linha de ônibus Jardim Ângela – Praça da Árvore mostrando a rotina dos passageiros. Ele conta a história de três empregadas domésticas que se conheceram no ponto final e se encontram todo dia no mesmo lugar. Vânia, Vera e Anita são casadas e têm filhos. Uma delas chega a pegar 8 conduções por dia pra ir e voltar ao trabalho.
Jackeline Salomão acompanha a rotina dos motoristas e cobradores de ônibus de Recife que chegam a trabalhar 14 horas por dia enfrentando o calor e o trânsito.
Os repórteres Danielle França e Daniel Paranayba mostram os protestos contra o aumento das tarifas em São Paulo e Paula Akemi registra manifestação no Rio de Janeiro.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...