terça-feira, 13 de agosto de 2013

As contraditórias relações do poder público de Niterói com as empresas de ônibus

O que fazem os representantes das empresas de ônibus na festa de aniversário da Câmara Municipal de Niterói?
Por Rafael Duarte, Agência Petroleira de Notícias

A CPI dos Ônibus se reunia dentro da Câmara de Vereadores de Niterói nesta tarde de segunda (12). O vereador Henrique Vieira (PSOL) apresentou requerimento que foi aprovado convocando para depor Jacob Barata Filho, dono da Pendotiba e representante legal da Transoceânica. O empresário, conhecido como “Rei dos ônibus” do Rio, acumula 28 companhias de ônibus urbanos e interestaduais, com uma frota de 4.000 veículos. O patriarca da família Barata, de 74 anos, construiu um império com 60 empresas.
Do lado de fora, numa atividade de comemoração do aniversário da Casa Legislativa, a direção da Câmara convidou o SETRERJ, Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários do Estado do Rio de Janeiro, para participar da festa. Numa revista em quadrinhos, voltada para o público infantil, o SETRERJ explica que "congrega 30 empresas de ônibus de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, Tanguá e Maricá" e que tem como missão "prestar serviços com responsabilidade socioambiental, que superem as expectativas das empresas e atendam as necessidades de mobilidade da população". 
Em meio às grandes manifestações que tomaram as cidades brasileiras em junho, parece que a presidência da Câmara de Niterói precisa dar algumas explicações. Os parlamentares niteroienses irão investigar os abusos das companhias de ônibus na cidade ou manter relações suspeitas de "parceria" com os empresários tão criticados pela população da cidade...

Fonte: Agência Petroleira de Notícias

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...