sexta-feira, 9 de agosto de 2013

João Alves apresenta primeiro ônibus do sistema BRT

Com prazo de até 120 dias para licitação, operação só em 2014
Ônibus modernos deverão entrar no sistema de transportes de Aracaju (FotosPortal Infonet)
O prefeito de Aracaju, João Alves Filho (DEM) apresentou na manhã desta quinta-feira, 8, na Praça de Eventos da Orla de Atalaia um ônibus do sistema BRT [Bus Rapid Transport, com capacidade para 160 pessoas], que por conta do processo de licitação conjunto com os municípios que formam a Grande Aracaju, deverá entrar em operação no próximo ano.
“O BRT é o sistema mais aplaudido no mundo, nos transportes. Tive o privilégio na minha outra gestão de prefeito de Aracaju, de trazer esse sistema ainda quando não tinha esse nome, o BRT, era transporte integrado, quando o passageiro ia para outros bairros pagando apenas uma passagem. Foi a segunda cidade do mundo a implantar, a primeira foi Curitiba. Hoje são 166 cidades do mundo que adotam e nós vamos agora implantar em Aracaju como BRT”, comemora João Alves Filho.
Na ocasião, ele lembrou o mal funcionamento do transporte público na capital sergipana.
João Alves Filho: "Aracajuano vai gastar menos tempo para se deslocar"
“Nós lamentavelmente temos um sistema há décadas funcionando mal. Resolvemos fazer uma licitação nova e não podíamos fazer imediatamente porque havia uma pendência judicial. O prefeito anterior abriu uma licitação só para Aracaju. Houve contestação e nós quando assumimos, levamos a alternativa correta de fazer para os quatro municípios e isso só foi decidido a semana passada. O Poder Judiciário junto com o Ministério Público, sentenciou que nós podemos fazer a licitação junto com os quatro municípios e deu prazo máximo de 120 dias”, ressalta.
João Alves Filho destacou que a licitação não depende só dele. “Mas há um empenho dos quatro prefeitos. O projeto está muito avançado e cumprindo esse ritual, abriremos a licitação e ai sim, implantaremos o BRT. Não são apenas a implantação de ônibus novos.  Nós vamos ter regras rígidas. Passageiros não podem ficar esperando 50 minutos sem ter ônibus. Teremos terminais novos, já estamos antecipando os abrigos. O aracajuano vai gastar um tempo extremamente menor do que está gastando para se deslocar”, garante.
BRS
Georlize Teles:"Antes teremos o BRS"
A secretária de Defesa Social, Georlize Teles, enfatizou que para ser implantado, o sistema BRT precisa de condições técnicas para ser implementado.
“E por que estamos apresentando hoje? Porque agora nós já estudamos todas as condições e já percebemos que o BRT é uma realidade. A perspectiva que a SMTT tem é de que possamos estar com o BRT no próximo ano, mas há uma outra modalidade que também é um avanço e que deve ser implantado ainda este ano que é o BRS. Não é a mesma tecnologia do BRT, não tem a mesma rapidez, mas é um transporte que dá um ganho muito grande e pra eles a gente vai precisar apenas criar algumas canaletas exclusivas para ônibus”, adianta Georlize Teles acrescentando que a Lei da Mobilidade Urbana diz que o transporte coletivo se sobrepõe ao transporte individual.
“E é isso que a gente está tentando conciliar, priorizar o transporte público, atendendo o que diz a lei, e respeitando claro a individualidade”, finaliza a secretária.
Por Aldaci de Souza

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...