quarta-feira, 2 de abril de 2014

Expresso DF começa a operar em fase de testes a partir desta quarta

Ônibus do Expresso DF, que será apresentado
 nesta quarta-feira (2) (Foto: Lucas Nanini/G1)
Novo sistema vai ligar Gama e Santa Maria ao centro de Brasília.
População poderá embarcar de graça nos ônibus até o fim dos testes
O Expresso DF Sul, sistema de transporte coletivo de passageiros que ligará as regiões administrativas do Gama e Santa Maria ao centro de Brasília, será apresentado à população nesta quarta-feira (2). Os nove ônibus do novo modelo estão sendo testados desde a última segunda (31).
Interior de ônibus do Expresso DF Sul
(Foto: TV Globo / Reprodução)
Nesta quarta, um dos coletivos sairá do terminal de embarque do Gama com convidados e jornalistas. O veículo fará uma parada na estação Granja do Ipê, no Park Way, e depois seguirá para o ponto final na Rodoviária do Plano Piloto. Técnicos irão percorrer o trecho para calcular o tempo de viagem e de espera nas estações. Também serão checados itens de segurança.
Os passageiros poderão embarcar nos novos ônibus depois da primeira viagem teste. Não será cobrada tarifa até que o novo sistema esteja em pleno funcionamento.
Estação construída para receber passageiros do
Expresso DF Sul. (Foto: TV Globo / Reprodução
Os coletivos do Expresso DF Sul vão trafegar num corredor exclusivo, 24 horas por dia, segundo o GDF. O objetivo do governo é reduzir em 50 minutos o tempo de viagem dos passageiros. O novo sistema deve beneficiar 270 mil pessoas.
Cada ônibus do Expresso DF Sul tem capacidade para 130 pessoas e conta com portas de acesso nos dois lados. Com isso, passageiros poderão embarcar do lado esquerdo no corredor do Expresso DF Sul e desembarcar do lado direito no Plano Piloto.
O intervalo médio em cada estação deverá ser de oito minutos no período de testes. Após essa fase, esste tempo será de quatro minutos, segundo a Secretaria de Transportes.
As obras do Expresso DF Sul deveriam ter sido concluídas no ano passado, a tempo de os passageiros utilizarem o modelo de transporte durante a Copa das Confederações.
O sistema prevê terminais em Santa Maria e no Gama, 15 estações, 15 passarelas e anexos de terminais nas rodoviárias do Plano Piloto e do Gama. O investimento inicial para a implementação da obra foi de R$ 533 milhões, segundo o GDF.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...