domingo, 4 de maio de 2014

Conluio: Mandados de busca e apreensão em empresas de ônibus

Promotor suspeita de conluio entre rodoviários e empresários. 
Documentos são apreendidos durante a ação desta manhã
Em uma ação conjunta do Ministério Público Estadual(MPE-RJ) e da Polícia Militar, comandada pelo promotor da Tutela Coletiva, Marcelo Lessa, na manhã desta sexta-feira(02), estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão e prisão em diversas empresas de ônibus, em Campos. Há suspeita de conluio entre rodoviários e empresários. Na última quarta-feira, durante uma entrevista coletiva, o promotor Marcelo exibiu vídeos com depoimentos de rodoviários. Um deles disse que os grevistas estavam assinando livros de ponto que eram enviados pelos empresários.
Na ação desta manhã, estão sendo recolhidos cartões de ponto, computadores e documentos. As empresas São João e Turisguá foram as primeiras revistadas. A ação segue durante todo o dia em todas as empresas do setor.
Porteiro de empresa é detido
Durante o cumprimento dos mandados, o porteiro da empresa Turisguá foi detido. Ele teria se negado a abrir o portão para o promotor de justiça Marcelo Lessa e policiais militares. Ele foi levado para a 134ª DP/Centro e o portão foi aberto.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...