quarta-feira, 14 de maio de 2014

Moradores de Parque Estoril ganham ônibus de graça para circular no bairro

NOVA IGUAÇU - Cerca de 1.500 famílias do Parque Estoril, localizado numa das áreas mais carentes da Região de Tinguá, em Nova Iguaçu, ganharam nesta segunda-feira (12) transporte coletivo gratuito para se deslocar, em linha circular, até a pista da RJ-111, também conhecida como Estrada Zumbi dos Palmares. 
O novo benefício, um dos compromissos de campanha do prefeito Nelson Bornier, e que tem a parceria do Governo Municipal com a Viação Vera Cruz, foi recebido com muita festa. A comunidade dispõe agora de uma linha de ônibus adaptado inclusive para cadeirante, em intervalos de 20 minutos. Melhor ainda, sem precisar meter a mão no bolso. 
O secretário municipal de Transporte, Trânsito e Mobilidade Urbana, Rubens Borborema, anunciou que Marambaia e Iguaçu Velho também deverão receber o mesmo benefício, em breve. “O prefeito me pediu para cuidar com bastante carinho dessas duas outras regiões, que sofrem com o mesmo drama da falta de transporte público”, explicou. 
Moradores disseram que vinham enfrentando, há anos, verdadeira via crúcis. Eram, segundo eles, longas caminhadas, engolindo poeira ou atolando o pé na lama, até alcançar a rodovia onde passam ônibus com destino a Tinguá, Centro de Nova Iguaçu, Pavuna e Central do Brasil. 
“Os nossos filhos pequenos também ficavam expostos ao perigo, caminhando sozinhos, de dia e à noite, por longo trecho, entre casa e colégio. Foi uma bênção de Deus pra todos nós”, festejou a dona de casa, que se identificou como Maria das Dores. 
“Quem tem bicicleta, sofria menos. A situação era mais difícil ainda, sobretudo para idosos, geralmente portadores de algum tipo de doença, e que se viam obrigados a andar a pé até à rodovia para pegar condução. Eu e o colega Cacau lutamos muito na Câmara Municipal e também junto ao prefeito por este benefício. Mais uma vez Bornier dá uma demonstração inequívoca de grande sensibilidade e espírito público”, elogiou o vereador Marcelo Nozinho (PSD). 
Morador, há décadas, com mulher e filho, na Avenida Portugal, Jurandir Aquino, 52 anos, disse que a chegada da linha de ônibus à comunidade “parece um sonho”. 
“Não estou acreditando, acho que ainda não acordei para a realidade”, foi como reagiu, ao embarcar, às 5h15, na primeira viagem, na linha circular, que passou a atender à comunidade, por enquanto, num raio de cerca de dois quilômetros de extensão. 
Jurandir lembrou ainda que foram anos tendo que caminhar por mais de 20 minutos, a pé, ao longo de um quilômetro até à sua casa, carregando bolsas pesadas de compra nas costas. 
“Aqui dentro do bairro, a gente não tem nada, absolutamente nada, a não ser as biroscas. Tudo o que você precisa tem que ir buscar no Centro de Vila de Cava ou no Centro de Nova Iguaçu”, contou o aposentado.
Via PMNI
Foto de Alziro Xavier

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...