terça-feira, 16 de setembro de 2014

Guanabara lidera em ônibus intermunicipal

25% dos cearenses que pegam ônibus intermunicipal são usuários da Guanabara, aponta pesquisa
Beatriz Cavalcante/beatrizsantos@opovo.com.br
A pesquisa Datafolha, encomendada peloO POVO, aponta que 25% dos cearenses utiliza os ônibus da empresa Guanabara no transporte intermunicipal. O estudo ainda mostra que a maior parte dos passageiros da Guanabara tem de 30 a 45 anos, 31%.
Além disso, o estudo mostra que São Benedito e Fretcar, ambas com 15%, ViaMetro, com 14%, e Vitória, com 9%, são as outras companhias de ônibus mais utilizadas no deslocamento entre municípios do Ceará. Com relação à cidade de destino, Fortaleza é para onde mais as pessoas se deslocam, 45%. Sendo também, a Capital cearense, o local de origem da maior fatia dos entrevistados, 11%.
Realizada nos dias 1º e 2 de setembro, a pesquisa ouviu 1.042 pessoas de 42 municípios do Estado. A margem de erro do estudo é de três pontos percentuais para mais ou para menos, tendo nível de confiança de 95%.
InvestimentosConforme O POVO publicou ontem, um edital será aberto pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-CE), ainda em setembro, para que novas linhas sejam criadas, ligando Fortaleza à Região Metropolitana (RMF). Sendo Caucaia, Pecém, Maracanaú, Maranguape, Pacatuba e Horizonte as localidades mais beneficiadas.
Otávio Cunha, presidente da Associação Nacional das empresas de Transportes Urbanos (NTU), disse que há vários planos de mobilidade acontecendo nas principais cidades do País e em suas regiões metropolitanas.
“Nos casos das áreas urbanas são 69 cidades, totalizando 245 projetos e 2.201,7 km de obras e melhorias, dentre corredores, BRTs (Bus Rapid Transit - Veículo Leve sobre Pneus) e faixas seletivas”.
Ele ainda ressalta que dos 245 planos de mobilidade urbana, 123 estão em processo de operação - divididos dentre os que estão efetivamente operando, em obras e em processo de licitação. Por enquanto, conforme Cunha, estão sendo executados 543,5 km em 22 cidades, incluindo Fortaleza, com BRT nas avenidas Alberto Craveiro, Dedé Brasil e Paulino Rocha.
As obras de corredores, diz ele, estão acontecendo em 51 cidades, totalizando 105 projetos e com previsão de 708,1km. “Desses 105,3 km estão em obras, 7km em licitação e 1km em licenciamento. Ainda existem 58 em ação preparatória”.
Já em relação a faixas exclusivas, Otávio calcula 28 cidades brasileiras, somando 97 projetos e 950,1km. Dos 97 planos, 77 estão em operação e 20 previstos para inaugurar, sem data definida. Como exemplo de faixas na Capital do Ceará, ele cita o das avenidas Bezerra de Menezes e João Pessoa.
Fonte: http://www.opovo.com.br/

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...