quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Bruxelas apoia projeto com autocarros a hidrogénio

A União Europeia vai financiar o projecto CHIC – Clean Hydrogen in European Cities, que permitirá colocar 26 autocarros movidos a hidrogénio em operação regular diária em cinco cidades europeias. Pelo menos três fabricantes – Mercedes-Benz, Van Hool e Wrightbus – irão fornecer autocarros com tecnologia de célula de combustível e motorização híbrida para este projecto.
O projecto está baseado na introdução gradual de autocarros movidos a hidrogénio e com tecnologia de célula de combustível e tem como objectivo dotar as frotas de autocarros com veículos a célula de combustível e a necessária infra-estrutura. Os veículos irão estar ao serviço em Aarau, Bolzano, Milão, Londres e Oslo. A experiência irá levar em conta outros projectos que estão a decorrer em cidades como Berlim, Hamburgo, Colónia e Whistler (Canadá), que já participaram nos projectos anteriores CUTE e HtFLEET:CUTE, que se realizaram entre 2003 e 2009. A experiência ganha no projecto irá ajudar a apoiar e guiar 14 regiões na Europa durante a próxima fase, à medida que começaram a implementar as frotas de autocarros a célula de combustível e a infra-estrutura correspondente.
A Mercedes-Benz irá fornecer autocarros Citaro FuelCELL Hybrid para o projecto CHIC, que serão utilizados ao abrigo do seu programa de testes de larga escala em frotas. Graças a melhoria dos componentes da célula de combustível e à hibridização com baterias de iões de lítio, este veículo consome menos 50 por cento de hidrogénio do que o modelo da geração anterior. O autocarro a célula de combustível tem uma autonomia de aproximadamente 250 quilómetros. O sistema de propulsão com célula de combustível praticamente dispensa manutenção e oferece uma elevada vida útil.

por: Carlos Moura do site Transportes em Revista Online

Reações:

1 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...