segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Com o caos aéreo cresce procura pelo turismo rodoviário

Em busca de preços mais baratos e para fugir do caos aéreo o sonho de viajar de avião está sendo deixado de lado por muitos mineiros. Em contrapartida, a procura por turismo rodoviário tem ganhado o gosto de muita gente. Segundo o Sindicato das Empresas de Turismo de Minas Gerais, as viagens de ônibus vêm crescendo 10% a cada ano.
Um voo cancelado por causa do mal tempo. Resultado: saguão cheio, passageiros no chão, desolação e cansaço.
Esse é um dos motivos que tem feito muita gente preferir viajar por terra. Este ano, a funcionária pública Cleide Viana Rodrigues preferiu viajar de ônibus para as férias com a família. Além de fugir do caos aéreo é mais barato.
Uma agência é especialista em viagens terrestres. E depois de festejar um Réveillon de muitas vendas já comemora também um faturamento em janeiro superior ao mesmo período do ano passado.
Quando o pátio de uma empresa de ônibus está vazio assim é sinal de que as coisas estão indo bem. Uns veículos acabaram de chegar e já há viagens marcadas até o Carnaval.
É o tempo de o ônibus chegar, passar por uma revisão e pegar a estrada de novo. O dono da frota, Marco Antônio Pimenta, é só alegria.
Para o agente de viagens José Jorge Lisboa o bom momento para o crescimento de pacotes terrestre é reflexo de uma economia forte.
Para a assistente administrativo Ana Paula de Almeida, viajar de ônibus traz boas lembranças e amizades. Algo que, segundo ela, não seria possível se a ida para a praia fosse de avião.
De acordo com o presidente do Sindetur, José Eugênio de Aguiar, um projeto de turismo rodoviário interligado entre Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo está sendo analisado junto ao Ministério do Turismo. Se for aprovado o passageiro pode optar por viajar pelos quatro estados com uma passagem.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...