domingo, 2 de janeiro de 2011

Europa supera “discursos” e adota alta tecnologia para GNV

Os países da Europa que adotaram o Gás Natural Veicular (GNV) perceberam ao longo dos anos, que desenvolver tecnologias para o uso deste combustível seria o melhor “remédio” para o crescimento desse mercado. A partir da premissa de que o interesse dos usuários por um combustível mais econômico aumenta a demanda por produtos e serviços para uso do GNV, os empresários europeus iniciaram um processo evolutivo sem precedentes. Vale lembrar que a Itália já utiliza o gás como combustível veicular a mais de 50 anos. A Europa é referência no uso deste combustível e os eventos mais importantes para o mercado de GNV acontecem nesse continente.
A sensação fica por conta dos ônibus movidos a Gás natural que circulam na Itália, que segundo fontes italianas, o projeto, para a realização desse empreendimento é financiado pelo governo, além de incentivos fiscais. Esses ônibus possuem plataforma baixa e os cilindros fixados estrategicamente no teto, são de liga leve, ou seja, fabricados de material composto, metal e fibra, ou totalmente de material não metálico.
Fonte Globo Gás Brasil
EMT de Madrid: todo o pedido para 2012 é de ônibus a gás natural
Investirá cerca de 51 milhões de euros
A empresa Municipal de Transportes da capital espanhola comprará 165 novas unidades limpas que renovarão sua frota nesse ano. Concretamente, 142 ônibus serão a gás natural comprimido e, pela primeira vez na história da empresa, da Espanha e Europa, a ordem inclui 23 veículos que serão híbridos elétricos + GNC.
A empresa Iveco España S.L. se encarregará de fornecer 74 ônibus Iveco Irisbus Citelis GNC. Deles, 34 unidades levarão carroceria Castrosua e 40 serão montados pela Tata Hispano.
Enquanto isso, a MAN Veículos Industriais Espanha foi premiada com um total de 53 ônibus, 32 do modelo NG313F GNC (montados pela Castrosua) e 21 veículos do modelo NL313F GNC, montados pela Burillo.
Além disso, a empresa italiana Bredamenarini Bus foi premiada com um pedido de 15 unidades do modelo Vivacity C PLUS GNC, de oito metros de comprimento.
Finalmente, com relação aos 23 veículos híbridos propulsados a gás natural comprimido e baterias elétricas, a empresa Castrosua fornecerá 13 unidades do modelo Tempus 11,3 m Híbrido GNC e a Tata Hispano Motors 10 veículos do modelo Habit 12 m Híbrido GNC.
Fonte: EMT de Madrid

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...