quinta-feira, 28 de julho de 2011

Maior eficiência na linha 2012 Volksbus...

Wagner Oliveira do Diário do Grande ABC
Em busca da liderança no mercado de ônibus, a MAN Latin America apresentou a linha 2012 Volksbus com atualizações. O destaque é a estreia de motores com a marca MAN em substituição aos antigos MWM. Todos modelos já contam com o Euro 5 - tecnologia que reduz emissões e consumo.
Os oito modelos de chassi de ônibus apresentam inovações. Além dos motores da própria MAN, parte da linha Volksbus continua a ser alimentada com propulsores fornecidos pela Cummins, também já com o Euro 5.
Com cerca de 30% das vendas de ônibus no Brasil e ocupando o segundo lugar entre os fabricantes, a MAN atende vários segmentos do mercado. Com as mudanças na linha 2012, a empresa busca liderança tanto no transporte rodoviário quanto no de passageiros.
O modelo de entrada da MAN é o VW 5.150 OD. Com motor Cummins ISF de 3,8 litros, o miniônibus é ideal para transporte escolar, empresas de turismo e também auto escola - como veículo para formação de condutores.
O chassi VW 8.160 OD é ideal para aplicações de fretamento e urbana de média densidade, com carrocerias que podem chegar a 8 metros de comprimento. Além do novo motor Cummins ISF de 3,8 litros, o lançamento oferece caixa de transmissão ZF 5S 420 com alavanca de transmissão posicionada diretamente sobre a transmissão, o que garante maior durabilidade e conforto ao motorista.
Já o VW 9.160 OD/ VW 9.160 OD Plus incorpora uma série de inovações. Com motor Cummins de 3,8 litros, o modelo oferece duas opções de eixo traseiro, que lhe dá maior robustez, durabilidade e flexibilidade.
O painel de instrumentos é totalmente novo - o desenho é mais agradável. Na versão Plus, o veículo tem entre eixo de 4.300 mm e PBT (Peso Bruto Total) de 9.200 quilos.
O chassi VW 15.190 OD é ideal para o transporte urbano em linhas distribuidoras, operando como midibus ou fretamento de curtas e médias distância. O Volksbus 15.190 passa a contar com novo conjunto powertrain. É equipado com motor MAN D08 de quatro cilindros e caixa ZF 6S 1010.
O VW 17.230 foi desenvolvido para suportar aplicações severas de transporte urbano. O Motor é MAN D08 com dois turbocompressores e sistema de injeção Common Rail, que garante maior torque.
O VW 17.280 OT é ideal para fretamentos e rodoviário de curta distância, além de aplicações urbanas. O motor é MAN de 6,7 litros e 280 cavalos de potência. O Cambio é ZF de seis velocidades. Já o chassi
VW 18.330 OT é a opção rodoviária equipada com motor Cummins ISL de 8,9 litros e 330 cavalos de potência.
Articulado de manutenção reduzida, o Volksbus VW 26.330 OTA tem 18,6 metros de comprimento. O motor é um Cummins ISL de 8,9 litros. Com robustez, é indicado para aplicações de alto volume, além dos corredores troncais e sistemas BRT.
Para Euro 5, MAN oferece SCR e EGR
A MAN Latin America optou por dois tipos distintos de tecnologia para adequar sua linha 2012 de chassi de ônibus ao Proconve P7. A partir de janeiro, próximo, a norma ambiental, que corresponde ao Euro 5, será obrigatória em motores diesel que equipam caminhões e ônibus. Além de diminuir a emissão de poluentes em 60%, as mudanças tecnológicas também reduzem em até 7% o consumo de diesel, que também terá de baixar o teor de enxofre a partir de 2012.
Atualmente, existem dois tipos de tecnologia disponíveis para atender o Euro 5. São elas o SCR (Redução Catalítica Seletiva, em português) e o EGR (Recirculação de Gases e Exaustão).
Fabricada no Brasil pela MAN em parceria com a MWM, a linha de motores D08 vai equipar três dos oito modelos de chassi de ônibus da linha 2012.
Nestes três modelos, a tecnologia é a EGR, oferecida nas versões de quatro e seis cilindros. De acordo com a engenharia da MAN, que fez uma série de modificações nos motores com origem europeia, o EGR trará, entre outros benefícios, baixo ruído, menor consumo de combustível, maior intervalo de manutenção e menor emissão de poluentes.
A linha Volksbus 2012 também é equipada com motores Cummins ISF e ISL, com tecnologia SCR - de quatro e seis cilindros. Eles estarão presentes em miniônibus, microônibus e também chassis rodoviários e articulados Volksbus.
Para funcionar, o SCR necessita da Arla 32 - composto líquido à base de ureia e água desmineralizada. A MAN anunciou que toda a sua rede de 145 concessionárias em todo o País terá a Arla para oferecer aos seus clientes.
"As duas opções de tecnologia Euro 5, a SCR e a EGR, estão disponíveis em nossa nova linha de produtos para atender a legislação ambiental a partir de 2012", afirmou o presidente da MAN Latin America, Roberto Cortes. "São as melhores opções disponíveis no mercado para atender as aplicações de transporte
* Com informações do Diário do Grande ABC

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...