quinta-feira, 28 de julho de 2011

Ultra CleanTM Diesel chegou ao Brasil e será testado pela MAN -

Serão feitos testes pioneiros no mundo do biodiesel Ultra Clean aqui no Brasil. E quem receberá os testes é a marca Volkswagen Caminhões e Ônibus através de um acordo com a empresa de biotecnologia LS9.
Foi assinada uma carta de intenções pelo Roberto Cortes, presidente da MAN Latin America, com a LS9, empresa norte-americana de biotecnologia, para testes do Ultra Clean TM Diesel. No Brasil não há nenhum outro biodiesel sendo testado em Caminhões e ônibus Volkswagen mais moderno e avançado que este.
A montadora MAN Latin America, além de ser a pioneira no desenvolvimento do biodiesel e da tecnologia flex GNV + Diesel no Brasil, também será a primeira no mundo a testar a nova solução, que tem como benefícios o custo menor de biocombustíveis já desenvolvidos com matérias-primas de origem vegetal e a simplicidade. “Queremos oferecer mais alternativas de combustíveis renováveis e alternativos para nossos clientes aqui e no exterior”, diz Cortes.
Como é a produção do Ultra CleanTM Diesel
Através da fermentação de açúcares de plantas e da biossíntese do ácido graxo, com modificações genéticas das bactérias, é produzido o Ultra CleanTM Diesel. Bastante eficiente, o processo biotecnológico converte açúcares em biocombustíveis porque não utiliza etapas industriais extras, diminuindo os custos de produção. Com sua melhor combustão pode-se dizer que é mais avançado, suporta períodos mais longos de armazenagem e utilizado em menor temperatura ambiente não cristaliza.
Biodiesel e suas vantagens
Juntamente com essas inovações os pontos positivos já conhecidos do biodiesel são:
O LS9 não tem biocombustível com benzeno;
Os teores de enxofre são baixíssimos.
Essas substâncias estão presentes no óleo diesel convencional e são prejudiciais à saúde. O presidente da MAN Latin America acrescenta que a sociedade e o poder público almejam garantias à preservação do meio ambiente, e dão crescente preferência ao uso de combustíveis renováveis e usam como exemplo as frotas de transporte público e diz que estão abrindo o leque de possibilidade com o Ultra CleanTM Diesel.
Tecnologia
A LS9 tem sua sede em São Francisco (EUA) e com o interesse no avanço das pesquisas em biocombustíveis que há no Brasil, propôs parceria à MAN Latin America. A empresa é especializada em biotecnologia e irá fornecer combustível para o início de teste e analisa possibilidades de produzir aqui no Brasil, para ficar mais perto do mercado potencial de veículos comerciais e das fontes de matéria-prima.
Testes
Está prevista para o segundo semestre de 2011 a primeira fase de testes e prevê em bancada dinamométrica com motores utilizados nos caminhões e ônibus Volkswagen, com avaliação de nível de emissões, desempenho – torque, potência e consumo específico – e durabilidade acelerada. Diferentes misturas de biodiesel da LS9 serão avaliadas junto com óleo diesel convencional, além do biocombustível puro. Logo em 2012, a Engenharia da MAN Latin America fará testes de campo com caminhões e ônibus Volkswagen durante um ano.
“A cooperação com a MAN Latin America reforça nosso compromisso de produzir biocombustíveis com boa relação custo-benefício e alta qualidade, além de amplamente sustentáveis e renováveis para oferta a clientes globais”, diz Ed Dineen, presidente da LS9.
Pesquisa em combustíveis renováveis e alternativos
Verifique abaixo a linha do tempo:
2003
A MAN Latin America adere ao programa Riobiodiesel, antes do estabelecimento de uma lei federal que entrou em vigor em 2011, que estabelece os marcos regulatórios para a introdução do biodiesel no País. Na cidade de Rio de Janeiro e São Paulo foram feitos testes com mitura B5 em frotas de caminhões;
2006
Em parceria com a JBS Friboi a MAN Lantin America foi a primeira montadora brasileira avaliar oB20;
2009
Apresentou o primeiro caminhão B100 do País na Fenatran;
2010
Recebeu premiação pelo projeto B100 no evento de sustentabilidade automotiva Challenge Bibendum, em Maio, na Associação Brasileira de Engenharia Automotiva – AEA, em Junho, e na Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha recebeu o prêmio Von Martius de Sustentabilidade, em Novembro;
2011
Apresentação do projeto ao Governo do Estado do Rio de Janeiro que mostra combustível alternativo mais limpo, flex GNV + diesel. Essa proposta aproveita a autossuficiência fluminense em gás natural.
Início dos testes com o Ultra CleanTM Diesel.
Fonte: Blog Santa Emília Caminhões e Ônibus

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...