terça-feira, 20 de setembro de 2011

Aracaju:PMA investe em melhorias no transporte público

A Prefeitura Municipal de Aracaju (PMA) vem realizando uma série de melhorias no projeto de mobilidade urbana da cidade, com o objetivo de garantir maior fluidez no trânsito e proporcionar mais segurança aos pedestres e motoristas. Dentre os projetos desenvolvidos, a administração municipal investe na construção de novos complexos viários, a interligação de faixas cicloviárias e promoção de campanhas educativas para o trânsito. Somado a essas iniciativas, a PMA também desenvolve uma série de investimentos no transporte coletivo da capital. 
Nos últimos três anos, foram investidos mais de R$ 45 milhões na melhoria do transporte público. Na atual gestão, a frota de ônibus já foi renovada em quase 50%, registrando um total de 208 novos veículos circulando no município. Somente em março desse ano, foram entregues 20 novos ônibus equipados com elevadores para cadeirantes, assentos especiais, câmeras de segurança e dispositivos para diminuir a emissão de gases poluentes no meio ambiente. 
Em 2009 e 2010, 14 novas linhas de ônibus foram criadas e, até o primeiro semestre de 2011, mais quatro novas linhas começaram a circular. Ainda em 2011, a população foi beneficiada com o retorno das linhas noturnas, denominadas de ‘Corujão', que circulam das 0h30 às 4h em pontos estratégicos da cidade. Segundo a diretora de Transporte Público da Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), Shirley Barbosa Martins, ainda está prevista a criação de novas linhas para o final deste ano. "Uma equipe de técnicos da SMTT está finalizando os últimos ajustes para que em breve novas linhas comecem a circular na cidade. 
Mas já ficou determinado que uma das linhas irá fazer o trajeto da Rodoviária Nova até o terminal do Centro, e a outra atenderá a demanda de passageiros da região do Aeroporto, que vem crescendo vertiginosamente nos últimos anos. Além disso, está prevista a criação de novas linhas universitárias que ajudem a desafogar as linhas em operação que se destinam aos principais centros universitários da capital", explica Shirley. 
Renovação 
Desde o final do ano passado, a população desfruta de seis novos veículos diferenciais com capacidade para 43 assentos equipados com encostos maiores, bancos reclináveis, ar-condicionado, porta-copos, som ambiente, além de possuírem sistema Wi-Fi, que permite aos passageiros a livre navegação na internet. Até o final desse ano, mais quatro desses veículos irão circular na cidade, a partir da criação das novas linhas da Rodoviária Nova e Aeroporto. 
Atualmente toda a frota é equipada com aparelhos de rastreamento GPS, o que garante agilidade na identificação e solução dos problemas operacionais, tais como atrasos, quebra e substituição de veículos e cumprimento dos horários da viagem. 
O monitoramento dessas ações é realizado pelo Centro de Inteligência de Transportes de Trânsito (CITT), localizada na sede da SMTT, que também ajuda a identificar eventuais problemas de mobilidade nas ruas, como congestionamento ou acidentes, através de câmeras instaladas nos principais cruzamentos da capital. As condições operacionais da frota de ônibus são um dos principais elementos observados pela equipe de técnicos da SMTT. 
De acordo com Shirley Martins, desde o início de setembro, um grupo de agentes atua na vistoria das condições de funcionamento dos veículos em operação na cidade. São averiguados 26 itens nos veículos, como pintura, limpeza, condição dos bancos e dos vidros, pneus, freios, acessibilidade, motor e funcionamento das portas. Caso os ônibus não apresentem condições ideais de uso para os usuários, eles podem ser impedidos de circular. 
"Em geral, o tempo máximo de circulação de um ônibus em Aracaju é de sete anos. Mas caso a equipe de fiscalização verifique que eles não apresentem condições de segurança e higiene suficiente para o cidadão, ficam impedidos de circular nas ruas. Para dar conta de fiscalizar os 520 veículos que hoje operam na cidade, os mesmos agentes que os vistoriam também atuam na gerência dos terminais e, de certa forma, acabam conhecendo de perto e se familiarizando sobre quais veículos carecem de maior atenção no ato da fiscalização", explica a diretora de Transporte Público da SMTT. 
Facilidade 
Outro avanço importante no transporte coletivo de Aracaju foi a implantação do sistema de bilhetagem eletrônica, em 2007.O serviço permitiu aos usuários maior agilidade, facilidade e segurança durante a compra da passagem. Ainda no mesmo ano, o prefeito Edvaldo Nogueira atendeu uma antiga reivindicação da classe estudantil para o uso da meia passagem nos finais de semana e feriados. O uso da digital para a identificação dos passageiros também melhorou a vida dos usuários do transporte coletivo. A partir dessa nova medida, somente o proprietário do cartão pode utilizá-lo dentro do veículo, garantindo mais segurança, controle sobre a quantidade de passagens gastas e impedindo que terceiros façam uso indevido do cartão.
Segundo o superintendente da SMTT, Antônio Samarone, a pretensão é que, nos próximos meses, sejam anunciados novos projetos que irão facilitar, ainda mais, a vida dos passageiros. 
"Para esse ano, a intenção da Prefeitura de Aracaju é trazer projetos inovadores e revolucionários para o transporte público da capital. Um dos mais significativos e aguardados por toda a população é o funcionamento de um sistema de bilhetagem único, em que o usuário poderá usar a mesma passagem sem a necessidade de ir até ao terminal para pegar o próximo ônibus. Segundo os estudos realizados por nossa equipe, em breve esse sonho se tornará realidade, garantindo muito mais conforto, agilidade e qualidade de vida para todos os aracajuanos", avalia Samarone.
Fonte da Matéria: http://www.smttaju.com.br/
Fotos: André Moreira
Material jornalístico passível de direitos autorais. Fotos e textos podem pertencer a autores diferentes. Antes de reproduzir por qualquer meio, consulte sobre autorização.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...