terça-feira, 13 de março de 2012

Com Europa em crise, América Latina evita queda da Daimler Buses em 2011

Apesar da crise na Europa, a Daimler Buses alcançou o segundo melhor resultado de vendas da história da empresa em 2011. Com 39,740 ônibus faturados, o ano passado só fica atrás de 2008, quando 40.600 unidades foram comercializadas. 2011 foi um ano de crescimento tímido para o setor, que com 311.000 veículos vendidos em todo o mundo teve alta de apenas 2% em relação a 2010.
Mesmo assim, a marca teve redução no faturamento. Em 2011, foram arrecadados € 4,4 bilhões (cerca de R$ 10,4 bilhões) contra € 4,6 bilhões no ano anterior (aproximadamente R$ 10,8 bilhões). O EBIT também teve queda de € 215 milhões (R$ 508,9 milhões) para € 162 milhões (R$ 508,9 milhões).
Esse resultado é graças à América Latina. As negociações de chassis de ônibus da Mercedes-Benz cresceram 8% na região, com 25.000 unidades vendidas participação de mercado de 43%. Para a Daimler, parte deste crescimento é devido ao período que antecede a venda de veículos Euro 5 no Brasil. Assim como é feito por companhias do setor de veículos comerciais, a empresa também projeta queda em 2012 por conta justamente desta nova motorização.
Enquanto isso, na Europa, a crise financeira levou as vendas à bruta queda de 17%, com 5.900 ônibus e chassis. Os negócios preocupam também na América do Norte, uma vez que o desempenho comercial de 600 veículos comercializados representa cerca de 1/3 do que foi vendido em 2010.
“2011 foi claramente um ano de chassis, enquanto o negócio de ônibus completos foi muito lento, especialmente na Europa”, comenta o chefe da Daimler Buses, Hartmut Schick. “Nós conquistamos 12% do mercado global, que nos posiciona como o fornecedor número um de ônibus do mundo”, destacou.
Foto: Divulgação/Mercedes-Benz

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...