sexta-feira, 1 de junho de 2012

Ex-dono da Vasp sucateia ônibus em Brasília

Nenhuma das 27.297 multas foi paga pela empresa de Wagner Canhedo; metade dos ônibus tem idade superior à permitida; concessionária tem a maior área de atendimento e número de reclamações do Distrito Federal
 A secretaria de Transporte divulgou, na última terça-feira 29, dados relacionados ao serviço prestado pela Viplan, empresa de Wagner Canhedo que atualmente é administrada pelo filho do ex-dono da empresa Vasp. A Viplan é uma das principais concessionária do transporte urbano de Brasília, possuindo cerca de quatro mil funcionários.
Entre o período de 31 de dezembro de 2002 a 28 de maio de 2012, a Viplan foi multada 27.297 vezes por irregularidades na operação dos serviços de transporte público no Distrito Federal. Nenhuma multa foi paga, segundo a secretaria de Transporte.
Ainda de acordo com a pasta, mais da metade da frota da empresa tem idade superior a permitida, que é de sete anos. Destes, pelo menos 330 ônibus tem mais de 12 anos.
Licitação de ônibus para Planaltina
O governo do Distrito Federal lançou um edital emergencial para a contratação de 80 ônibus para atender a região de Planaltina. A Viplan apresentou uma representação afirmando que poderia atender a demanda da área, que já administrada pela empresa, pois possui 80 veículos ociosos.
O Tribunal de Contas do Distrito Federal negou a representação e vai analisar novamente a licitação para os ônibus.
De acordo com a secretaria de Transportes, a empresa não tem como atender a demanda. Confira os argumentos:
- há 25 ônibus não cadastrados;
- há 26 cadastrados e, efetivamente, utilizados na prestação dos serviços, ou seja, não são ociosos;
- há 29 veículos cadastrados que não são utilizados pelo operador. Entretanto, esses veículos deveriam estar em operação para evitar os "furos" de viagem. Conforme Relatórios de Autos de Infração a VIPLAN cometeu 3.196 (três mil, cento e noventa e seis) infrações do código 01.38, grupo B ("furos" de viagens);
- há 55 veículos cadastrados, e comprometidos com a prestação dos serviços já assumidos pela VIPLAN com a sociedade;
Com informações do Tribunal de Contas do Distrito Federal.
O Brasília 247 entrou em contato com a empresa e não obteve resposta.Brasil 247

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...