sexta-feira, 1 de junho de 2012

SP tem ônibus mais caro do país

Paulistano sem bilhete único gasta R$ 132 por mês para ir ao trabalho e voltar para casa
Além da capital, Campinas, Guarulhos e Osasco cobram R$ 3 por viagem, segundo pesquisaMarcelo Prates/Hoje em Dia/Futura Press/ Arquivo
Levantamento realizado pela ANTP (Associação Nacional de Transportes Público) revela que quatro municípios de São Paulo têm hoje a tarifa mais cara de ônibus do país. O custo de uma viagem foi comparado em 38 cidades com mais de 500 mil habitantes, entre os meses de janeiro e abril deste ano.
Com uma tarifa de R$ 3, a capital paulista, Campinas, Guarulhos e Osasco são as cidades que mais oneram o passageiro de ônibus. Em seguida aparecem Santo André e São Bernardo, no ABC, que cobram R$ 2,90.
Em Sorocaba, no interior do Estado, cuja população é de 646,4 mil habitantes, uma viagem de ônibus sai por R$ 2,85. O valor é superior ao cobrado em capitais com mais de 2 milhões de habitantes, como o Rio de Janeiro, R$ 2,75, Salvador, R$ 2,50, e Belo Horizonte, R$ 2,65.
A tarifa mais barata do país é encontrada em Juiz de Fora (MG). Lá, as empresas que operam o serviço de transporte coletivo cobram R$ 1,95.
Peso no orçamento
Em São Paulo, o passageiro de ônibus que realizava duas viagens por dia em junho de 2005, quando a tarifa era de R$ 2, desembolsava em média R$ 88 por mês. A partir de janeiro de de 2011, já com a tarifa em R$ 3, o peso no orçamento doméstico, para quem não utiliza o Bilhete Único, passou para R$ 132, um aumento de 50%.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...