terça-feira, 19 de junho de 2012

Rio+20: Ubrabio reforça uso do B20 no transporte coletivo

Juan Diego Ferrés, presidente da Ubrabio
Lançamento de campanha que estimula o uso de 20% de biodiesel em ônibus urbanos é reforçado por garantia de motores da Mercedes-Benz para B20.
Rio de Janeiro – A União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio) fará dupla ação no dia 19 de junho (terça-feira), dentro da programação do seminário da Global Bioenergy Partnership (GBEP), fórum que busca apoiar a formulação de políticas públicas para a bioenergia, que se realiza às 18 horas, no Espaço Areninha HSBC, dentro da agenda da Rio+20. Copresidida pelo Brasil e Itália, a GBEP reúne 35 parceiros e observadores de governos, organizações internacionais, setor privado e sociedade civil.
A Ubrabio anuncia a nova campanha de incentivo ao uso de 20% de biodiesel ao diesel fóssil – o B20 Metropolitano – no transporte coletivo, replicando o lançamento da Plataforma Brasileira do Bioquerosene. A iniciativa ganha um reforço importante da Mercedes-Benz, que anuncia no mesmo evento a garantia dos motores da marca para uso do biodiesel B20 (20% de biodiesel adicionado ao diesel fóssil).
“A Mercedes-Benz já realizou mais de 2,2 milhões de quilômetros de testes de operação com biodiesel B20 em ônibus urbanos”, observa o presidente da Ubrabio, Juan Diego Ferrés. “Isso demonstra a confiança da Mercedes-Benz no uso de combustíveis alternativos.” Ele cita estudos da Organização Mundial da Saúde (OMS), divulgados recentemente, que concluíram que a fumaça de escapamento de veículos abastecidos com diesel fóssil é responsável por casos de câncer de pulmão. A OMS baseou suas descobertas em pesquisas com trabalhadores de alto risco, como mineiros, funcionários ferroviários e caminhoneiros.
A campanha da Ubrabio chama atenção da sociedade para a importância dessa iniciativa para a melhoria da qualidade do ar nas cidades, dando como exemplo de sucesso a Ecofrota da VIP - Viação Itaim Paulista, projeto desenvolvido em parceria com a B100, que circula há mais de um ano na maior cidade da América do Sul, São Paulo. Com uma frota de 1.800 ônibus autorizada pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP) para o uso da mistura de 20% de biodiesel ao diesel fóssil, a VIP, uma das maiores empresas de transportes coletivos de São Paulo, vem constatando não somente o bom desempenho dos veículos como também uma mudança na mentalidade dos quase dez mil funcionários.
"Os funcionários sentem orgulho de participar de uma iniciativa ambiental como essa. Sustentabilidade, preservação do meio ambiente são temas que hoje fazem parte da rotina deles", afiança o empresário Paulo Mendes. Segundo ele, a frota da VIP tem atualmente cerca de 300 veículos que atendem inclusive a Norma Euro6, em vigor desde janeiro deste ano. “São veículos adaptados com uma nova geração de motores e com combustível ideal para os grandes centros urbanos”, concluiu o empresário.
Três ônibus abastecidos com B20 Metropolitano, fornecido pela Petrobras Distribuidora – com biodiesel produzido pela Camera Agroalimentos –, circulam pelo Rio de Janeiro durante a Rio+20, dando apoio aos eventos da GBEP, organizados pelo Ministério de Relações Exteriores (MRE), e ações da entidade.
Ubrabio - Criada em 2007, a União Brasileira do Biodiesel e Bioquerosene (Ubrabio) congrega as empresas que integram a cadeia de produção e comercialização do biodiesel e bioquerosene no Brasil. Sediada em Brasília, a entidade contribui para o aprimoramento de políticas e estratégias relacionadas ao Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel (PNPB). Entre os associados destacam-se os produtores de biodiesel e insumos, fornecedores de equipamentos e as empresas de tecnologia e serviços ligados ao setor. A Ubrabio trabalha pelo desenvolvimento de novas cadeias produtivas de matérias-primas, assim como pelo fortalecimento da agricultura familiar. A entidade promove e participa de eventos e fóruns de discussão sobre biocombustíveis, buscando disseminar e incentivar o uso de biocombustíveis. Além do fomento a pesquisa e desenvolvimento do setor de combustíveis verdes, a Ubrabio busca soluções ambientalmente sustentáveis para a matriz energética brasileira. 
Fonte: [www.ubrabio.com.br] |.Aline Rodrigues.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...