quinta-feira, 9 de maio de 2013

Empresa de ônibus de Belém terá que fazer adaptações para deficientes

Cadeirantes têm dificuldades para se locomover dentro do coletivo.
Do G1 PA
A Justiça determinou que uma empresa de ônibus faça uma adaptação para passageiros com deficiência. A empresa terá um prazo de um ano para adaptar parte da frota para essa necessidade.
Esta semana, o juiz Mairton Marques Carneiro, da 6ª Vara Cível, determinou que a Empresa de Transporte São Luiz LTDA providencie no prazo de um ano a adaptação de toda a frota de ônibus para garantir o acesso de pessoas com deficiência. A empresa tem quatro linhas de ônibus em Belém.
Orian Costa, atleta, usa cadeira de rodas há 11 anos e conta que geralmente tem dificuldades para subir no ônibus. “Nem sempre tenho a sorte, esse privilégio de no primeiro ônibus que eu acenei parou e a adaptação estava funcionando. Na maioria das vezes o elevador não está funcionando e geralmente a população tem que me ajudar a me locomover para dentro do ônibus”, afirma o Orian.
Em outra parada, o ônibus que chega é adaptado, mas o motorista precisa deixar o volante para levantar Orian na cadeira de rodas, com a ajuda do cobrador.
É lei há mais de 10 anos que as empresas de transporte coletivo têm que reservar assentos para pessoas com deficiência e adaptar os ônibus para facilitar o acesso dos cadeirantes. Mas o descumprimento da lei ainda é comum na capital.
Cerca de 1800 ônibus circulam em Belém. De acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte, 35% deles não são adaptados.
“Espero que as autoridades façam uma campanha para poder punir os motoristas que queimam paradas, que deixam deficientes em local inadequado, às vezes não quer ajudar os deficientes”, diz Orion.
A reportagem tentou contato com a empresa, mas ninguém foi encontrado para comentar a decisão.
Fonte: G1 Pará

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...