quinta-feira, 20 de junho de 2013

Empresas de ônibus são impedidas de atuar

 / Divulgação BandDivulgação Band
Trinta dias. Este foi o tempo exato em que as empresas Viação Sorriso e Grande Marília fizeram o serviço de transporte coletivo em Marília. A empresa circular voltou a operar na terça-feira (19/06) na cidade. A decisão do juiz da Vara da Fazenda Pública garantiu a volta dos ônibus da circular. Mudança que, mais uma vez, pegou a população de surpresa.Os usuários de ônibus também tiveram outra surpresa no transporte coletivo. O valor da passagem subiu de R$ 2,15 para R$ 2, 30. Lembrando que um dos motivos das manifestações recentes que vêm ocorrendo por todo o Brasil é justamente o aumento nas passagens de ônibus.
A briga do transporte coletivo começou quando as duas empresas vencedoras da licitação passaram a operar em Marília. A circular não aceitou deixar o serviço e entrou na Justiça para suspender o processo licitatório. A Justiça acatou ao pedido e a Viação Sorriso e a Grande Marília atuavam na cidade através de decreto emergencial.
Agora, os ônibus das empresas estão parados nas garagens e impedidos de circular. A multa diária é de R$ 200 mil, caso as empresas não cumpram a decisão atual da Justiça. O advogado que representa a Viação Sorriso e a Grande Marília diz que já entrou com recurso no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo.
A expectativa do advogado é que a Justiça tome uma decisão ainda hoje. O presidente do Sindicato dos Motoristas, Moacir Baldicera, diz que essa indecisão e o troca-troca de empresas também prejudicam os trabalhadores. A circular ficou apenas com 150 funcionários. Quatrocentos trabalhadores migraram para as novas empresas. Ele diz que o jeito é esperar

Reações:

1 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...