domingo, 9 de junho de 2013

Mourãoense renova 30% da frota


Divulgação
Viação Mourãoense renovou frota, colocando em circulação 10 novos ônibus
 Preocupada em garantir a acessibilidade a todos os passageiros e diminuir a redução de poluentes, a empresa Viação Mourãoense, colocou em circulação esta semana 10 novos ônibus para fazer o transporte coletivo. O investimento que ficou acima de R$ 2 milhões garantirá que 30% dos veículos em operação na cidade sejam novos. É um novo capítulo em uma história que começou há 60 anos.
De acordo com o diretor da empresa, Ricardo Gurginski Neto, a preocupação com os clientes é muito grande e por isso a necessidade de investimentos em veículos com elevadores para cadeirantes e poltronas mais confortáveis. “A gente busca dar o máximo de conforto, até por isso optamos por poltronas estofadas, para melhorar a qualidade no transporte.”
Os veículos que estão em operação desde a última quarta-feira foram adquiridos na concessionária mourãense da Mercedez Bens. Para a diretora do grupo responsável pela venda, Ivone Malho, a escolha dos veículos não poderia ser melhor. “Apesar de sermos suspeitos para parabenizar a empresa por sempre dar preferência à nossa marca, posso dizer que os veículos que compraram estão sempre em primeiro lugar nas pesquisas.” Além dos novos veículos, a empresa possui hoje 30 ônibus, contando com os reservas.
Sustentabilidade
A Mourãoense, alinhada com os modernos conceitos de sustentabilidade, está investindo para que a geração de renda no presente não prejudique os recursos naturais para as próximas gerações. Por isso, a aquisição dos novos ônibus não representa economia em gastos com combustível para a empresa. Na troca, quem sairá ganhando é o meio ambiente. “Todos os veículos equipados com o novo diesel S 50 (box) que é menos poluente. Haverá uma redução muito pequena de gastos com combustível, mas a poluição será bem menor”, destaca Gurginski.
A preocupação com a melhoria ambiental, com a emissão de menos poluentes foi um dos critérios exigidos pela direção da mourãoense à concessionária que vendeu os veículos. “Na hora da compra eles comentaram que voltar para os poluentes jamais”, destaca Ivone.
Uma história de muitas conquistas
A relação da Viação Mourãense e Campo Mourão começou em 1953, quando Stanislau Gurgiski deixa sua terra natal, Canoinhas, para viver um novo desafio. No começo, ele dividia os negócios com familiares consertando máquinas e caminhões. Em 1955, comprou a empresa Expresso Catarinense.
Embora possuísse apenas duas jardineiras, isso já era um avanço para a época. Eles transportavam em média 190 passageiros e os lucros iam aparecendo compensando o trabalho duro. Em 1963, já com seis ônibus, a Expresso Catarinense foi adquirida por outra empresa. O filho de Stanislau, Ricardo Gurginski, decidiu continuar no ramo e comprou a empresa Transporte Coletivo Central, que realizada o transporte no perímetro da cidade.
Ao lado da esposa e dos dois filhos, Pedro e Flávio, os avanços foram visíveis e em 1966, já possuíam uma frota de sete ônibus, alguns superiores às tradicionais jardineiras. Foi nessa época que a empresa foi transformada em Viação Mourãoense, em homenagem à cidade que os havia acolhido. Hoje, além de oferecer serviço de transporte coletivo, a empresa presta serviço de transporte de trabalhadores rurais, estudantes e de turismo. Uma empresa que nasceu do ideal da família Gurginski e cruza a cidade todos dos dias levando pessoas e progresso.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...