sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Desenvolvimento Japão quer condução automática em autoestradas dentro de 10 anos

O Ministério japonês dos Transportes apresentou um documento para o desenvolvimento de um sistema de condução automática de veículos em autoestrada que poderá estar operacional na próxima década, revelou hoje a agência Kyodo.
O sistema está pensado para eliminar congestionamentos e acidentes em vias de alta velocidade.
O documento explica que os veículos entrariam automaticamente em modo de piloto automático quando entram numa autoestrada ou itinerários principais sendo conduzidos pelo sistema até à saída desejada.
Os automóveis estariam equipados com dispositivos de controlo da distância para o carro da frente e para manterem a posição na via.
O documento também explica que se pretende que o novo sistema esteja ativo numa via das estradas de alta velocidade em 2016 e que funcione em todas as vias no início da próxima década.
O vice-ministro dos Transportes, Hiroshi Kajiyama, defendeu a promoção imediata do sistema que seria pioneiro no mundo.
O Ministério japonês dos Transportes está empenhado em cooperar com os fabricantes de automóveis no desenvolvimento do mecanismo que, entre outros benefícios, aumentaria a competitividade da indústria.
A Nissan Motor, o segundo maior fabricante japonês, anunciou esta semana nos Estados Unidos o desenvolvimento de veículos de condução autónoma que devem chegar ao mercado em 2020.
Baseada no modelo elétrico Leaf, a Nissan vai construir um protótipo que incluirá cinco câmaras de captação de dados da via e de sinalização além de 12 sensores laser para evitar colisões, um veículo que começará a ser testado em abril de 2014.
Já a Toyota, o maior produtor japonês, apresentou em janeiro um protótipo de condução automática.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...