quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Teresina:Edital dá concessão de 15 anos e empresas de ônibus terão notas

Prefeitura lança edital do transporte nesta quarta. Empresa será avaliada e se não atingir meta perderá concessão.
O edital de licitação do transporte coletivo de Teresina será lançado nesta quarta (22), ao meio dia, na Fiepi, permitindo a participação de empresas de todo o país. A licitação está dividida em quatro lotes, um para cada região da capital. As empresas terão uma concessão de 15 anos, podendo ser renovada se elas atingirem as notas de avaliação por parte do sistema e dos consumidores a cada ano.

Raoni Barbosa/Revista Cidade Verde

O diretor de Transportes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito, Ricardo Freitas, explica como ocorrerá o processo e o que será exigido das empresas. 

Para participar do edital, a empresa tem que apresentar uma nota de preço (o menor preço apresentado) e nota técnica (qualidade dos ônibus, absorção de empregados e qualidade das garagens). Cada uma será responsável por um lote.

"Não temos interesse em dirigir o edital para favorecer A, B ou C. Não queremos um monopólio, tanto que quatro lotes não poderão ser de um único ganhador. O lote 1 será da zona norte, o lote 2 zona leste, lote 3 da zona sudeste e 4 da zona sul", explica.

Ainda de acordo com Ricardo Freitas, o preço da passagem não cairá, já que o sistema será totalmente reformulado e corresponderá aos anseios da população. 


As pessoas que já são beneficiadas com passe livre continuarão inscritas no benefício, que é assegurado por lei. As garantias acerca da acessibilidade também serão uma obrigação, como exigiu a promotora Marlúcia Evaristo, em reunião no início da semana. 

"Não vai cair o preço da passagem. O usuário vai sentir que está pagando por um serviço que corresponderá com a sua expectativa. Um sistema integrado, com ônibus em bom estado e querer pagar mais barato é irreal. A acessibilidade de chegar ao ônibus, subir e descer, isso e garantido até pelo layout dos ônibus. As estações e terminais serão construídos obedecendo as determinações. O Transporte Eficiente também está colocado no pacote do edital", garante.


O ar-condicionado será implementado somente em 10% da frota inicialmente. O restante dos ônibus serão equipados com o passar do tempo, com a estabilização das empresas no mercado.

Hoje, o sistema opera em linhas radiais, diametrais e circulares, que rodam 60km em cada viagem. O novo sistema será integrado, com oito terminais de integração, linhas troncais, com ônibus mais robustos, com portas à esquerda. Também terão as linhas inter terminais. 


No centro, três terminais receberão as linhas alimentadoras: uma na praça da Bandeira, outra na Praça Saraiva e outra na Praça João Luis Ferreira. 

Leilane Nunes e Yala Sena
redacao@cidadeverde.com

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...